Meteorologia

  • 15 ABRIL 2024
Tempo
24º
MIN 13º MÁX 24º

SNQTB adere a greve na CGD na próxima sexta-feira

O Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários (SNQTB) anunciou hoje que vai aderir à greve na Caixa Geral de Depósitos (CGD), na próxima sexta-feira, juntando-se a outras estruturas que decidiram no mesmo sentido.  

SNQTB adere a greve na CGD na próxima sexta-feira
Notícias ao Minuto

18:33 - 26/02/24 por Lusa

Economia Sindicato

"O SNQTB, na defesa dos trabalhadores da Caixa Geral de Depósitos (CGD) e que constitui também a defesa de todos os bancários, aprovou hoje, 26 de fevereiro 2024, em reunião de direção, a adesão à greve decretada pelo Sindicato dos Trabalhadores das Empresas (STEC) do Grupo CGD, a realizar no próximo dia 01 de março e com concentração agendada, no mesmo dia, pelas 12:00, junto à sede da Caixa Geral de Depósitos", indicou, em comunicado.  

Na mesma nota, o sindicato diz que se disponibiliza a pagar, "através do seu fundo de greve, a perda de retribuição comprovadamente ocorrida a todos os seus sócios da CGD que adiram a esta greve do dia 01 de março".

Também o Mais Sindicato, o SBN - Sindicato dos Trabalhadores do Setor Financeiro de Portugal e o SBC - Sindicato dos Bancários do Centro anunciaram a convocação de uma greve na CGD para o dia 01 de março.

O STEC acusou hoje o banco de violação do direito à contratação coletiva ao abrir o "grave precedente" de avançar unilateralmente com uma atualização salarial média de 3,25%.

A CGD decidiu avançar com uma atualização salarial média de 3,25%, que será aplicada no salário deste mês, com efeitos a 01 de janeiro, enquanto ainda decorrem as negociações com os sindicatos, que já rejeitaram este valor.

Leia Também: Raimundo apoia greve na Teleperformance e exige valorização dos salários

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório