Meteorologia

  • 23 ABRIL 2024
Tempo
24º
MIN 13º MÁX 24º

Movimento de passageiros superou níveis de 2019. De onde vieram?

O movimento de passageiros nos aeroportos nacionais, em 2023, ultrapassou os níveis de 2019, divulgou o INE, esta quarta-feira.

Movimento de passageiros superou níveis de 2019. De onde vieram?
Notícias ao Minuto

11:06 - 14/02/24 por Notícias ao Minuto

Economia INE

"Em dezembro de 2023, nos aeroportos nacionais movimentaram-se 4,5 milhões de passageiros e 20,2 mil toneladas de carga e correio, correspondendo a variações de +9,3% e +10,7%, respetivamente, face a dezembro de 2022. Comparando com dezembro de 2019, registaram-se aumentos de 13,7% e 3,6%, pela mesma ordem", pode ler-se no comunicado do INE.

Ora, desde o início de 2023, têm-se verificado máximos históricos nos valores mensais de passageiros nos aeroportos nacionais.

"Em dezembro de 2023, registou-se o desembarque médio diário de 75,9 mil passageiros, valor superior ao registado em dezembro de 2022 (69,4 mil; +9,3%) e 14,7% acima do verificado em dezembro de 2019 (66,2 mil)", pode ler-se.

No conjunto do ano 2023 (dados preliminares), aterraram nos aeroportos nacionais 243,8 mil aeronaves em voos comerciais (+12,0% face a 2022) e foram movimentados 67,5 milhões de passageiros (+18,9%). O movimento de carga e correio foi semelhante ao ano anterior, atingindo 223,0 mil toneladas. Comparando com 2019, registaram-se variações de +7,0%, +12,3% e +5,9%, pela mesma ordem.

De onde vieram (e para onde foram) os voos? 

Em 2023, o ranking dos cinco principais países de origem e de destino dos voos não registou alterações face ao ano anterior, segundo o INE.

"O Reino Unido manteve-se o principal país de origem e de destino dos voos, registando crescimentos de 16,5% no número de passageiros desembarcados e 16,9% no número de passageiros embarcados. França e Espanha ocuparam a 2ª e a 3ª posição. Alemanha, apesar de ter registado os menores crescimentos, em ambos os sentidos, manteve a 4ª posição. Itália ocupou a 5ª posição e registou os maiores crescimentos (+31,2% e +31,0%, no número de passageiros desembarcados e embarcados, respetivamente)", pode ainda ler-se. 

Leia Também: Quatro em 10 desempregados transitaram para o emprego entre 2022 e 2023

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório