Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 29º

Fatura da luz mais pesada? Confira os 5 eletrodomésticos que gastam mais

Conheça-os e saiba como é que uma boa gestão da utilização pode ajudar a poupar na fatura da luz.

Fatura da luz mais pesada? Confira os 5 eletrodomésticos que gastam mais
Notícias ao Minuto

07:54 - 01/02/24 por Notícias ao Minuto

Economia Energia

A fatura da luz este ano surpreendeu-o? Quer poupar na conta da energia, mas não sabe por onde começar? Conhecer os eletrodomésticos que gastam mais pode ser uma ajuda, porque pode passar a ter mais consciência quando os utiliza. Aquecedor portátil, frigorífico e máquinas de lavar lideram - mas já lá vamos.

"Ainda que a potência e a eficiência dos equipamentos influenciem diretamente o consumo associado à utilização dos eletrodomésticos, alterar hábitos ajuda a diminuir os gastos com energia. Uma boa gestão da utilização, tanto no que diz respeito aos eletrodomésticos e aos equipamentos para climatização como à iluminação, ajuda a poupar", explica a DECO PROteste.

Ora, "usar muitas vezes a máquina de lavar roupa com temperaturas elevadas, recorrer a programas intensivos para lavar a loiça ou ligar o forno com frequência, recorrendo ao grill, por exemplo, pode levar a que os consumos de energia disparem".

Quais são os cinco eletrodomésticos que gastam mais? 

Ainda segundo a organização de defesa do consumidor, o "consumo de pequenos eletrodomésticos, como espremedores de citrinos e aparelhos de bricolagem, não pesa muito na fatura da eletricidade", mas o mesmo não se pode dizer do:

  • aquecedor portátil elétrico, de 2000 watts, que consome 480 kWh por ano, se usado quatro horas por dia, 60 dias por ano; 
  • frigorífico, que consome, em média, 240 kWh por ano; 
  • máquinas de secar e de lavar roupa (que gastam, respetivamente, 155 kWh e 135 kWh de energia por ano, ambas com três ciclos semanais de lavagem, assumindo que a máquina de secar só é utilizada nos meses de inverno); 
  • máquinas de lavar loiça, que consomem 167 kWh de energia por ano, considerando também três ciclos por semana.

Leia Também: Aumento da receita em 2023? "Reflete resiliência do mercado de trabalho"

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório