Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 29º

Confirma-se. Inflação sobe para 2,9% na zona euro, após 7 meses em queda

O Eurostat confirmou hoje que a taxa de inflação homóloga da zona euro subiu, em dezembro, para os 2,9% na zona euro, indicando ainda que a da União Europeia (UE) aumentou para 3,4%, invertendo a tendência em baixa.

Confirma-se. Inflação sobe para 2,9% na zona euro, após 7 meses em queda
Notícias ao Minuto

10:06 - 17/01/24 por Lusa

Economia Inflação

Em novembro de 2023, a taxa de inflação anual da zona euro tinha abrandado, pelo sétimo mês consecutivo, fixando-se nos 2,4% e na UE nos 3,1%.

Em dezembro de 2022, o indicador atingiu, respetivamente, os 9,2% e os 10,4%.

O serviço de estatísticas da UE confirmou ainda, na área do euro, a desaceleração da inflação subjacente (a que calcula a evolução dos preços sem ter em conta os elementos mais voláteis) para os 3,4%.

Entre os 27 Estados-membros, a taxa de inflação anual abrandou em 15, manteve-se estável em um e acelerou em outros 11.

As menores taxas de inflação, medidas pelo Índice Harmonizado dos Preços no Consumidor (IHPC) foram registadas na Dinamarca (0,4%), Itália e Bélgica (0,5% cada) e Países Baixos (1,0%) e as mais altas na República Checa (7,6%), Roménia (7,0%) e na Eslováquia (6,6%).

Em Portugal, a taxa de inflação anual medida pelo IHPC foi, em dezembro de 2023, de 1,9%, face aos 2,2% do mês anterior e aos 9,8% homólogos.

Leia Também: Há mais uma confirmação no NOS Alive para o dia 12 de julho

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório