Meteorologia

  • 19 ABRIL 2024
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 21º

Taxa de inflação nos EUA sobe para 3,4% em dezembro

A taxa de inflação homóloga acelerou para 3,4% nos Estados Unidos em dezembro, o que se deve principalmente aos custos da habitação, de acordo com o índice de preços no consumidor publicado hoje pelo Departamento do Trabalho.

Taxa de inflação nos EUA sobe para 3,4% em dezembro
Notícias ao Minuto

15:15 - 11/01/24 por Lusa

Economia Inflação

Em novembro, a inflação homóloga tinha ficado em 3,1%. Na comparação mensal, o aumento foi de 0,3%, contra 0,1% no mês anterior.

Este aumento ocorre após vários meses de descida dos preços e deve-se sobretudo à subida de custos da habitação, um tema central nas eleições presidenciais de novembro, numa altura em que começam na segunda-feira as primárias republicanas.

A subida ficou acima do previsto, uma vez que os analistas esperavam que a taxa de inflação ficasse em 3,2%, segundo o Market Watch.

Os preços da habitação "continuaram a subir em dezembro, contribuindo para mais de metade do aumento mensal", precisou o Departamento do Trabalho em comunicado.

No entanto, a inflação subjacente, que exclui os preços dos alimentos e da energia, abrandou de 4% em novembro para 3,9% em dezembro, permanecendo estável em 0,3% a nível mensal.

Nos Estados Unidos, a inflação chegou a atingir 9,1% em junho de 2022, o que nunca tinha acontecido desde 1981, tendo a Reserva Federal (Fed), banco central norte-americano, aprovado sucessivas subidas das taxas de juro para travar o consumo e conter a subida dos preços, tendo como objetivo colocar a inflação em 2%.

Na sua última reunião de política monetária, em dezembro, a Fed manteve as taxas de juro entre 5,25% e 5,50% e assinalou que são esperadas descidas ao longo de 2024.

O banco central norte-americano privilegia um outro indicador de inflação, o índice PCE, que será divulgado pelo Departamento do Comércio no próximo dia 26.

Leia Também: Inflação na OCDE cai em novembro pelo terceiro mês consecutivo para 5,4%

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório