Meteorologia

  • 15 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 22º

Medicamentos perdem preço na caixa... e o que muda na fatura da farmácia?

Saiba que informações devem constar na fatura da farmácia e, ainda, como confirmar se o preço cobrado é o correto.

Medicamentos perdem preço na caixa... e o que muda na fatura da farmácia?
Notícias ao Minuto

10:16 - 04/01/24 por Notícias ao Minuto

Economia Medicamentos

Já deixou de ser obrigatório ter o preço de venda ao público nas embalagens dos medicamentos sujeitos a receita médica, mas a fatura da farmácia tem de detalhar toda a informação, explica a DECO Proteste.

"As embalagens de medicamentos sujeitos a receita médica já não têm de apresentar obrigatoriamente o preço de venda ao público. A medida entrou em vigor a 2 de janeiro de 2024 e é justificada pelo facto de o preço exibido nas embalagens nem sempre corresponder ao preço final pago pelo cidadão, que está dependente do tipo de comparticipação que lhe é aplicada", refere a organização de defesa do consumidor. 

Porém, as faturas ou faturas-recibo emitidas pelas farmácias passam a ter de apresentar obrigatoriamente as seguintes informações:

  • o preço de venda ao público (PVP);
  • o preço de referência, se aplicável;
  • a percentagem de comparticipação do Estado no PVP;
  • o custo suportado pelo Estado;
  • o custo suportado pelo utente.

Como confirmar se o preço cobrado é o correto? 

"Para confirmar o preço do medicamento, pesquise na página do Infarmed. Pode pesquisar pelo nome comercial do medicamento ou pela substância ativa. O Infarmed é responsável por manter esta informação atualizada", recomenda a organização. 

Preço dos medicamentos deixa de constar nas embalagens em janeiro

O preço dos medicamentos vai deixar de constar das embalagens a partir de janeiro, sendo as farmácias obrigadas a prestar a informação na fatura ou recibo emitido, segundo um decreto-lei hoje publicado em Diário da República.

Lusa | 10:53 - 26/12/2023

Leia Também: Fatura global da água. Diferenças entre concelhos superam os 376 euros

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório