Meteorologia

  • 23 MAIO 2024
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 24º

"Jovens vão ter mais apoio" este ano (promete o Governo e destaca estes)

Desde ao prémio salarial de valorização da qualificação até à redução do IRS, fique a par dos principais apoios destacados pelo Governo.

"Jovens vão ter mais apoio" este ano (promete o Governo e destaca estes)
Notícias ao Minuto

08:24 - 04/01/24 por Notícias ao Minuto

Economia 2024

O Governo promete que, este ano, os jovens vão ter mais apoios, que vão desde ao prémio salarial de valorização da qualificação até à redução do IRS. 

"Na conclusão dos seus estudos, ou no início da vida profissional e familiar, os jovens vão ter mais apoio. São incentivos à criação e retenção de talento, para um Portugal mais atrativo e competitivo", revelou o Executivo, numa publicação partilhada na rede social Instagram. 

Afinal, o que muda em 2024 para os jovens? O Governo destaca os seguintes apoios: 

  • Os estudantes até aos 35 anos que terminem licenciaturas ou mestrados, a partir de 2023, e fiquem a trabalhar em Portugal vão ter direito a um prémio salarial de valorização da qualificação, que na prática corresponde à devolução das propinas pagas no ensino superior. Os prémios serão pagos pelo número de anos correspondentes aos cursos: 697  euros anuais nas licenciaturas; 1.500 euros anuais nos mestrados.
  • O IRS baixa mais para os jovens. Em 2024, os jovens beneficiam de uma fatia maior do seu rendimento isenta de imposto. Por exemplo, no primeiro ano de trabalho, os rendimentos até 20.370,4 euros ficam totalmente isentos.
  • Passes gratuitos para estudantes até aos 23 anos.
  • Os jovens que terminem ou tenham terminado o 12.º ano, entre 2023 e 2025, podem viajar gratuitamente durante 7 dias, com viagens de comboio ilimitadas, e dormir 6 noites na rede de Pousadas de Juventude, ao abrigo do programa ANDA.

Leia Também: Recebe subsídios ou pensões? Estas são as datas de pagamento em janeiro

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório