Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 27º

Renda mediana cresceu 10,5%. Quanto custa o metro quadrado?

Dados foram divulgados pelo INE.

Renda mediana cresceu 10,5%. Quanto custa o metro quadrado?
Notícias ao Minuto

11:23 - 22/12/23 por Notícias ao Minuto

Economia INE

No 3.º trimestre de 2023 (dados provisórios) a renda mediana dos 23.717 novos contratos de arrendamento em Portugal atingiu 7,25 €/m2, divulgou o INE, esta sexta-feira.

"Este valor representa um crescimento homólogo de +10,5%, embora seja inferior à variação homóloga registada no 2.º trimestre de 2023 (+11,0%). Relativamente ao trimestre anterior, a renda mediana do 3.º trimestre de 2023 diminuiu ligeiramente (-0,3%)", pode ler-se.

No 3º trimestre de 2023, quatro das cinco sub-regiões com valores medianos de rendas superiores ao nacional registaram também taxas de variação homóloga superiores à observada para o conjunto do país – Área Metropolitana de Lisboa (11,40 €/m2; +12,5%), Região Autónoma da Madeira (8,79 €/m2; +16,4%), Área Metropolitana do Porto (8,22 €/m2; +12,4%) e Alentejo Litoral (7,47 €/m2; +15,3%). A exceção foi a sub-região do Algarve (8,03 €/m2; +7,4%). A renda mediana aumentou em todas as sub-regiões NUTS III, com exceção do Alto Alentejo (-9,3%) e do Alto Tâmega (-2,2%). 

No 3º trimestre de 2023, verificou-se um aumento homólogo da renda mediana nos 24 municípios com mais de 100 mil habitantes. Em 18 municípios a taxa de variação homóloga da renda mediana por m2 foi superior à do país, destacando-se Setúbal (+23,1%) e Lisboa (+20,9%). Não obstante, no 3º trimestre de 2023, para 13 dos 24 municípios com mais de 100 mil habitantes, houve uma desaceleração do valor das rendas medianas, situação que se verificou para 10 municípios no trimestre anterior.

Leia Também: Portugal ocupa 6.º lugar de fontes renováveis de energia da UE

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório