Meteorologia

  • 18 JULHO 2024
Tempo
24º
MIN 16º MÁX 33º

"Contenção"? Nem por isso. Fatura das telecomunicações vai encarecer

MEO, NOS e Vodafone anunciaram que a fatura das telecomunicações vai ficar mais cara no próximo ano, apesar de o regulador ter pedido "contenção".

"Contenção"? Nem por isso. Fatura das telecomunicações vai encarecer
Notícias ao Minuto

07:36 - 12/12/23 por Notícias ao Minuto

Economia Telecomunicações

Em meados de novembro, a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) pediu aos operadores "contenção" na subida de preços dos seus serviços, mas certo é que as principais operadoras já anunciaram aumentos para o próximo ano. 

A MEO já anunciou, através de uma nota publicada no seu site, uma atualização dos preços em linha com a inflação. O mesmo foi feito pela NOS - pode ver aqui - e pela Vodafone, que também pode consultar neste link

A notícia, refira-se, foi avançada pelo ECO, lembrando que os aumentos, nestas condições, podem andar em torno dos 4,6%.

Contudo, em meados de novembro, a Anacom pediu aos operadores "contenção" na subida de preços dos seus serviços, tendo em conta o atual contexto económico e previsão para 2024, que apontam para um aumento do custo de vida.

Em comunicado, a entidade reguladora liderada por João Cadete de Matos, refere que "em face do atual contexto económico e do projetado para 2024, que remetem para uma situação de pressão inflacionista e aumento do custo de vida, estando prevista para 2023 uma variação anual de 4,6% para o Índice de Preços no Consumidor [IPC], a Anacom considera que existem razões económicas e sociais de relevo que devem ser devidamente ponderadas pelas empresas do setor".

Nesse sentido, "recomenda" aos operadores "que adotem a devida contenção em eventuais aumentos de preços que venham a ocorrer, quer em tarifários disponíveis para novas adesões, quer nos contratos em vigor, de modo a assegurar o efetivo acesso ao serviço por parte dos utilizadores finais a estes serviços".

Além da contenção ao nível dos aumentos de preços, "e à semelhança do que fez em 2022, a Anacom faz ainda um conjunto de outras recomendações às empresas do setor", entre elas o de "evitar que a possibilidade de aumento de preços seja utilizada como instrumento para persuadir os consumidores a aceitar novas fidelizações, prejudicando a dinâmica concorrencial no mercado e, por essa via, os consumidores". 

Leia Também: Anacom recomenda aos operadores contenção na subida de preços

 

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório