Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 18º

É oficial. Vai ter de trabalhar até esta idade para se reformar

A idade normal de acesso à pensão em 2025 é de 66 anos e 7 meses, estabelece uma portaria publicada em Diário da República, esta quinta-feira.

É oficial. Vai ter de trabalhar até esta idade para se reformar
Notícias ao Minuto

09:01 - 07/12/23 por Notícias ao Minuto

Economia Reformas

A idade normal de acesso à pensão será de 66 anos e 7 meses em 2025, estabelece uma portaria publicada em Diário da República, esta quinta-feira, que tem por base os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados no final do mês passado. 

"Tendo em conta os efeitos da evolução da esperança média de vida aos 65 anos na aplicação da fórmula prevista no n.º 3 do artigo 20.º do Decreto-Lei n.º 187/2007, de 10 de maio, a idade normal de acesso à pensão em 2025 é 66 anos e 7 meses", pode ler-se. 

Na prática, trata-se de um aumento de três meses face ao valor que será praticado em 2024.

O Governo recorda que a lei determina que a "idade normal de acesso à pensão de velhice após 2014 varia em função da esperança média de vida aos 65 anos de idade verificada entre o segundo e terceiro ano anteriores ao início da pensão, de acordo com a fórmula nele prevista".

E mais: "A idade normal de acesso à pensão deve ser publicitada em portaria do membro do Governo responsável pela área da solidariedade e segurança social, no segundo ano imediatamente anterior ao ano a que se reporta". 

"Tendo sido apurado e publicitado pelo INE o indicador da esperança média de vida aos 65 anos de idade relativo ao ano de 2023, está o Governo em condições de determinar o fator de sustentabilidade a vigorar durante o ano de 2024, bem como a idade normal de acesso à pensão de velhice a vigorar em 2025", pode ainda ler-se. 

A presente portaria produz efeitos a partir de 1 de janeiro de 2024.

[Notícia atualizada às 09h11]

Leia Também: Cinco perguntas e respostas sobre as 'mexidas' na idade da reforma

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório