Meteorologia

  • 01 MARçO 2024
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 15º

Metade dos portugueses quer reduzir gastos no Natal (e preço é decisivo)

Estudo revela que "54% dos portugueses pretendem reduzir este ano os gastos que têm habitualmente com as celebrações natalícias". 

Metade dos portugueses quer reduzir gastos no Natal (e preço é decisivo)
Notícias ao Minuto

09:31 - 06/12/23 por Notícias ao Minuto

Economia finanças pessoais

Dado o contexto de incerteza que se vive, metade dos portugueses quer reduzir os gastos na época de Natal. A conclusão é do estudo 'Compras de Natal dos portugueses em 2023', realizado pela Netsonda. 

"Num contexto de incerteza, os portugueses decidiram adiar os planos para o Natal. Enquanto em 2022 61% já estavam a planear as compras de Natal no início de novembro, em 2023 apenas 34% já tinha começado a planear nesta altura, deixando a decisão do que comprar para mais tarde", pode ler-se num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

O estudo revela que "54% dos portugueses pretendem reduzir este ano os gastos que têm habitualmente com as celebrações natalícias". 

Além disso, "há ainda 5% dos portugueses que consideram só fazer as compras depois do Natal para aproveitar os saldos e 4% dizem mesmo que não vão fazer compras Natalícias este ano". 

Preço é um fator determinante

Este ano, o "preço é o fator que mais vai influenciar a escolha dos presentes contrastando com o fator mais importante em 2022 'comprar algo que sei que a pessoa vai gostar muito', que este ano passa para 2.º lugar".

"Este aspeto desce ao nível da importância na escolha dos presentes, assim como o estar à venda num sítio conveniente ou ser algo diferenciador", pode ainda ler-se. 

O estudo revela ainda que, "tal como no ano passado, roupa ou acessórios é o tipo de presentes que os portugueses mais planeiam oferecer (71%), seguido por livros (49%) e chocolates (46%)". 

Estes resultados têm por base a resposta de uma amostra de 1.000 inquiridos representativos da população portuguesa entre os 18 e os 65 anos. 

Leia Também: Metro de Lisboa. Linha vermelha com "perturbações na circulação"

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório