Meteorologia

  • 20 ABRIL 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 23º

Aeroporto. Consulta pública abre 4.ª feira e estende-se até 19 de janeiro

A consulta pública sobre as opções estratégicas para ampliação da capacidade aeroportuária da região de Lisboa está aberta a partir de quarta-feira e estende-se até ao dia 19 de janeiro, anunciou hoje a coordenadora da Comissão Técnica Independente.

Aeroporto. Consulta pública abre 4.ª feira e estende-se até 19 de janeiro
Notícias ao Minuto

16:59 - 05/12/23 por Lusa

Economia Aeroporto

As datas foram avançadas pela coordenadora da Comissão Técnica Independente (CTI), Rosário Partidário, durante a apresentação do relatório preliminar da análise e avaliação das opções estratégicas para ampliação da capacidade aeroportuária da região de Lisboa, no LNEC -- Laboratório Nacional de Engenharia Civil.

O período de consulta pública e institucional do relatório preliminar decorrerá entre os dias 06 de dezembro de 2023 e 19 de janeiro de 2024, devendo os comentários e pareceres ser enviados para cti.aeroporto@lenec.pt.

Findo este prazo, após a CTI avaliar "a racionalidade, o mérito, a oportunidade e a pertinência técnica de cada um desses contributos, à luz dos fatores críticos para a decisão", fará então o relatório final.

Com a elaboração do relatório final ficará concluído o mandato da CTI.

Alcochete e Vendas Novas são as duas opções identificadas pela comissão técnica independente como viáveis para um novo aeroporto, juntamente com Humberto Delgado até ser possível passar para infraestrutura única, foi hoje anunciado.

De acordo com o relatório preliminar da comissão técnica independente responsável pela avaliação ambiental estratégica para o aumento da capacidade aeroportuária da região de Lisboa, que estudou nove opções, são viáveis as soluções Humberto Delgado + Campo de Tiro de Alcochete, até ficar unicamente Alcochete com mínimo de duas pistas, bem como Humberto Delgado + Vendas Novas, até ficar unicamente Vendas Novas, também com um mínimo de duas pistas.

Uma resolução do Conselho de Ministros aprovada no ano passado definiu a constituição de uma CTI para analisar cinco hipóteses para a solução aeroportuária de Lisboa, mas previa que pudessem ser acrescentadas outras opções, o que veio a acontecer.

Leia Também: É "inevitável" começar com modelo dual mas "perspetivar" fecho da Portela

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório