Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 18º

PSI sobe 0,69% com BCP e Jerónimo Martins em destaque nos ganhos

A bolsa de Lisboa encerrou hoje em alta, com o índice PSI a subir 0,69% para 6.572,24 pontos, apoiado por fortes subidas do BCP e da Jerónimo Martins.

PSI sobe 0,69% com BCP e Jerónimo Martins em destaque nos ganhos
Notícias ao Minuto

17:37 - 04/12/23 por Lusa

Economia Economia

Das 16 cotadas que integram o índice de referência da bolsa, cinco ficaram em alta, 10 em baixa e uma inalterada.

O BCP liderou as subidas e avançou 4,42% para 0,33 euros, em máximos de 2018, depois de ter sido anunciado que vai voltar no dia 18 de dezembro ao índice Stoxx Europe 600.

A Jerónimo Martins destacou-se com uma subida de 3,70% para 23,52 euros.

Em terreno positivo ficaram ainda a EDP (0,82% para 4,43 euros), a REN (0,41% para 2,45 euros) e a Sonae (0,22% para 0,92 euros).

Nas maiores descidas, a Greenvolt perdeu 2,48% para 6,88 euros e a Galp baixou 2,45% para 13,51 euros.

Os CTT desceram 1,25% para 3,55 euros, a Mota-Engil caiu 1,02% para 3,88 euros e a EDP Renováveis recuou 0,72% para 16,59 euros.

A Corticeira Amorim desceu 0,55% para 9,08 euros, no dia em que os seus acionistas aprovaram, em assembleia-geral extraordinária, o balanço intercalar da sociedade até setembro e a distribuição de um dividendo bruto de nove cêntimos por ação, num total de 11,97 milhões de euros.

As principais bolsas europeias terminaram divididas entre ganhos e perdas. Londres caiu 0,22%, Paris 0,18% e Milão 0,05%, mas Madrid subiu 0,37% e Frankfurt registou uma ligeira valorização de 0,04%.

O preço do barril de Brent, o petróleo de referência na Europa, descia para 78,60 dólares, quando tinha encerrado a 78,88 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres na sexta-feira.

[Notícia atualizada às 17h58]

Leia Também: Efacec fornece estação de carregamento de comboios elétricos na Dinamarca

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório