Meteorologia

  • 01 MARçO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 15º

Wall Street encerra com ganhos à espera da informação sobre inflação

A bolsa nova-iorquina encerrou com ganhos modestos, à espera da informação sobre a variação dos preços nos EUA e quando se prepara para fechar um mês de novembro que tem sido positivo.

Wall Street encerra com ganhos à espera da informação sobre inflação
Notícias ao Minuto

22:52 - 28/11/23 por Lusa

Economia Mercado

Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average avançou 0,24%, o tecnológico Nasdaq progrediu 0,29% e o alargado S&P500 subiu 0,10%.

A relativa pausa nos ganhos dos índices constatada desde segunda-feira sucede a um mês de progressão sólida.

As ações, que tinham começado o dia de forma tímida, passaram para terreno positivo durante a sessão, depois de afirmações de um governador da Reserva Federal (Fed) a sugerir que o ciclo de subida de taxa de juro, na parte que respeita ao banco central dos EUA, acabou.

Durante uma conferência em Washington, Christopher Waller declarou-se "encorajado pelos primeiros sinais de moderação da atividade económica no caro trimestre".

A informação económica de outubro "é coerente com o tipo de moderação da procura e a atenuação da pressão sobre os preços, que contribuem para reduzir a inflação para 2%", acrescentou este governador da Fed, que se declarou otimista sobre a diminuição da inflação nos EUA.

De imediato, os rendimentos das obrigações a 10 anos baixaram para 4,32%, dos 4,38% da véspera.

Isto apoiou as ações, que passaram a evoluir com ganhos até ao final da sessão.

"Os investidores ainda estão mais convencidos que a Fed acabou de subir as taxas", nomeadamente com a afirmação de Waller, "que disse que voltaria a votar por uma pausa" na próxima reunião de política monetária em meados de dezembro, indicou Peter Cardillo, analista da Spartan Capital, à AFP.

"Isto dá aos investidores uma margem de manobra para progredir. E se tivermos boas notícias na quinta-feira com o indice de preços PCE, vai-se desencadear um novo movimento de subidas", garantiu.

Este índice, que reflete a mudança nos preços de bens e serviços adquiridos pelos consumidores nos EUA, como o define o Departamento do Comércio, é o preferido pela Fed para avaliar a evolução dos preços.

O PCE vai ser divulgado na quinta-feira, no mesmo dia em que também vão ser conhecidas as despesas de consumo das famílias, ambos relativos a outubro.

Leia Também: Wall Street inicia sessão em baixa com Dow Jones a ceder 0,01%

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório