Meteorologia

  • 17 JULHO 2024
Tempo
27º
MIN 16º MÁX 29º

Bolsas europeias em alta em sessão de transição

As principais bolsas europeias estavam hoje em alta, numa sessão que será de transição com poucas referências macroeconómicas, destacando-se apenas a publicação nos EUA dos pedidos iniciais de subsídio de desemprego semanal.

Bolsas europeias em alta em sessão de transição
Notícias ao Minuto

10:20 - 09/11/23 por Lusa

Economia Bolsas

Às 09h00 em Lisboa, o EuroStoxx 600 estava a avançar 0,23% para 445,31 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt avançavam 0,06%, 0,36% e 0,19%, bem como as de Madrid e Milão, que se valorizavam 0,66% e 0,49%.

A Bolsa de Lisboa mantinha a tendência de abertura, estando às 09:00 o principal índice, o PSI, a subir 0,19% para 6.243,42 pontos.

Hoje, soube-se que o índice de preços no consumidor (IPC), o principal indicador da inflação na China, caiu 0,2% em termos homólogos em outubro, a segunda queda deste ano, depois da registada em julho.

Por outro lado, Wall Street fechou na quarta-feira em terreno misto, com o seu principal indicador, o Dow Jones a quebrar a série de sete dias consecutivos a fechar a verde.

O Dow Jones fechou a descer 0,12% para 34.112,27 pontos, contra o máximo desde que foi criado em 1896, de 36.799,65 pontos, registado em 04 de janeiro de 2022.

Já o Nasdaq terminou a subir 0,08% para 13.650,41 pontos, contra o atual máximo, de 16.057,44 pontos, verificado em 16 de novembro de 2021.

A sessão de hoje volta a ser de transição, com poucas referências macroeconómicas, destacando-se apenas a divulgação esta tarde, nos EUA, dos pedidos iniciais de subsídio de desemprego semanais, que fornecerão mais informações sobre o estado do mercado laboral do país.

Esta tarde, na Europa, o evento mais importante é a comparência da presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, com as bolsas já fechadas.

Entre os destaques de quarta-feira está a revisão em alta, pelo BCE, das expectativas de inflação a um ano para 4%, contra os anteriores 3,5%, embora tenha mantido a previsão a três anos em 2,5%.

À margem da agenda económica, o mercado continua a acompanhar as tensões no Médio Oriente.

O barril de petróleo Brent para entrega em janeiro de 2024 abriu hoje a subir para 80,12 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 79,54 dólares na quarta-feira.

A nível cambial, o euro abriu a desvalorizar-se no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0704 dólares, contra 1,0708 dólares na quarta-feira e 1,0462 dólares em 03 de outubro, um mínimo desde dezembro de 2022.

Leia Também: Bolsas europeias mistas, focadas nas expectativas de inflação

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório