Meteorologia

  • 15 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 22º

Empresa pode alterar horários? E se o trabalhador não concordar?

'Trabalho e impostos (des)complicados' é uma rubrica do Notícias ao Minuto, assinada por Dantas Rodrigues, sobre assuntos relacionados com trabalho, finanças pessoais e impostos.

Empresa pode alterar horários? E se o trabalhador não concordar?
Notícias ao Minuto

08:33 - 13/10/23 por Notícias ao Minuto

Economia Trabalho e impostos (des)complicados

"O Código de Trabalho define como horário de trabalho 'a determinação das horas de início e termo do período normal de trabalho diário e do intervalo de descanso, bem como do descanso semanal'. 

A elaboração do horário de trabalho compete ao empregador, devendo este respeitar os limites legais impostos pelo Código do Trabalho, nomeadamente, os limites máximos do período normal de trabalho que não podem exceder as 8 horas diárias e as 40 horas semanais, salvo disposição legal em contrário ou instrumento de regulamentação coletiva de trabalho.

O horário de trabalho definido deve ainda respeitar o período de descanso diário entre duas jornadas de trabalho, de 11 horas seguidas, bem como o descanso diário não inferior a 1h, nem superior a 2h, e o descanso semanal obrigatório de, pelo menos, 1 dia. 

Determinado o horário de trabalho pela entidade empregadora e aceite pelo trabalhador, no início da relação laboral, o mesmo é suscetível de alterações, tal como definido no art.º 217.º, do Código do Trabalho. Contudo, os trabalhadores afetados pela alteração devem ser previamente consultados e informados das respetivas alterações, com o mínimo de 7 dias de antecedência relativamente à entrada em vigor das pretendidas alterações. 

A alteração do horário de trabalho está, todavia, sujeita à concordância do trabalhador, porquanto o art.º 217.º, do Cód. do Trabalho, prevê a impossibilidade de o horário de trabalho individualmente acordado ser unilateralmente alterado. 

O trabalhador que não concorde com a alteração do horário de trabalho unilateralmente acordado não fica obrigado ao seu cumprimento, não incorrendo em qualquer falta pelo seu não cumprimento."

_________________________________________________________________________________________________

A publicação da rubrica 'Trabalho e impostos (des)complicados' é quinzenal. Faça também parte dela. Envie as suas dúvidas, questões ou sugestões de temas para o endereço de e-mail economia@noticiasaominuto.com.

Dantas Rodrigues é advogado desde 1993 e sócio-partner da Dantas Rodrigues & Associados. É também professor de Direito do Ensino Superior Politécnico desde 1995.

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório