Meteorologia

  • 15 JULHO 2024
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 26º

Viana. Cidade Europeia do Desporto com retorno de 94 milhões (em 6 meses)

Os eventos desportivos realizados nos primeiros seis meses de 2023, ano em que Viana do Castelo é Cidade Europeia do Desporto, traduziram-se num retorno financeiro de 94 milhões de euros, relativamente a período homólogo de 2022, foi hoje divulgado.

Viana. Cidade Europeia do Desporto com retorno de 94 milhões (em 6 meses)
Notícias ao Minuto

16:23 - 03/10/23 por Lusa

Economia Viana do Castelo

Os indicadores do impacto económico do primeiro semestre da Cidade Europeia do Desporto, que se prolonga até final do ano e que representou um investimento municipal de 1,5 milhões de euros, foram apresentados hoje pelo presidente da Câmara de Viana do Castelo, Luís Nobre, no período antes da ordem do dia da reunião ordinária de executivo.

O autarca socialista explicou que nos primeiros seis meses deste ano foram transacionados, através de pagamentos eletrónicos globais, 330 milhões de euros, contra 236 milhões de euros em 2022, o que corresponde a um crescimento de 30,91%.

Já os pagamentos eletrónicos efetuados com cartões estrangeiros, o estudo do impacto económico da iniciativa Cidade Europeia do Desporto indica que "foram registados 3,4 milhões de euros de visitantes de Espanha, 1,3 milhões de euros com origem nos Estados Unidos da América, 1,2 milhões de euros da Irlanda e 998 mil euros do Reino Unido".

Luís Nobre especificou que o impacto económico sentiu-se na hotelaria, restauração e comércio tradicional.

De acordo com os dados revelados, "a hotelaria registou, nos primeiros seis meses deste ano, um volume de negócios de 6,523 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 33,51% e de 1,637 milhões de euros face aos 4,886 milhões do mesmo período de 2022".

Na restauração, "o volume de negócios registado foi de 21,6 milhões de euros, um acréscimo de 30,91% e de 5,1 milhões de euros quando comparado com o período homólogo de 2022, que registou 16,5 milhões de euros".

O comércio tradicional "obteve um impacto económico de 4,621 milhões de euros, mais 27,51% e 1,005 milhões de euros do que os 3,616 milhões de euros do ano passado".

Segundo o autarca socialista, o retorno para "as lojas de venda de artigos e equipamentos desportivos é superior a um milhão de euros".

"É uma aposta ganha para todos os agentes económicos, além da dinâmica e marca que deixa nos vianenses. Hábitos saudáveis de vida, prática de desporto informal que se junta aos números significativos da prática formal nas diferentes modalidades desportivas", referiu. 

No primeiro semestre de Cidade Europeia do Desporto, o concelho contabilizou 181.478 dormidas, número acima dos 161.772 registados no mesmo período do ano anterior (+ 19.706 dormidas), "com um aumento mensal de 2.815 dormidas".

"São números impactantes, importantes e que interessa revelar para podermos trabalhar a promoção da cidade e do concelho nos vários eventos em que temos marcado presença, sobretudo em Espanha e França, mas também noutros mercados como o dos EUA que foi uma surpresa nestes números", afirmou Luís Nobre.

Viana do Castelo -- Cidade Europeia do Desporto 2023 promoveu, no primeiro semestre, um total de 268 eventos que contaram com a presença de 72.914 atletas e participantes.

No primeiro meio ano de Cidade Europeia do Desporto, a cidade e o concelho acolheram provas de 70 modalidades e atividades.

Leia Também: Fundo verde Land quer captar 500 milhões e espera retorno de 10%

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório