Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2024
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 20º

Espanha, Itália e Portugal vão ter 120 (novas) centrais fotovoltaicas

O Banco Europeu de Investimento (BEI) aprovou hoje um financiamento de até 1,7 mil milhões de euros para construção de cerca de 120 centrais fotovoltaicas localizadas em Espanha, Itália e Portugal, em funcionamento até ao final de 2028.

Espanha, Itália e Portugal vão ter 120 (novas) centrais fotovoltaicas
Notícias ao Minuto

13:07 - 25/09/23 por Lusa

Economia BEI

A 'luz verde' foi anunciada em comunicado pela Comissão Europeia, dado tratar-se de um projeto suportado por apoio comunitário, com a nota a indicar que "o BEI aprovou um financiamento-quadro de até 1,7 mil milhões de euros para a Solaria, destinado a apoiar a construção de cerca de 120 centrais fotovoltaicas, localizadas principalmente em Espanha, bem como em Itália e Portugal".

De acordo com Bruxelas, as centrais fotovoltaicas terão uma capacidade total de aproximadamente 5,6 gigawatts e produzirão cerca de 9,29 terawatts por ano. Deverão entrar em funcionamento até ao final de 2028.

"Esta operação apoiará a realização dos objetivos políticos da UE no âmbito do Pacto Ecológico Europeu e do plano [energético europeu] REPowerEU, fornecendo eletricidade equivalente à procura média anual de aproximadamente 2,5 milhões de agregados familiares e reduzindo as emissões de gases com efeito de estufa em cerca de três milhões de toneladas de dióxido de carbono por ano", realça o executivo comunitário.

Bruxelas acrescenta que mais de um terço da capacidade instalada situar-se-á em regiões menos desenvolvidas, com um PIB per capita inferior a 75% da média da UE.

Segundo as estimativas do BEI, a fase da construção das centrais implicará a criação de 11.100 postos de trabalho nas zonas abrangidas.

O projeto é apoiado pelo programa InvestEU, que proporciona um financiamento a longo prazo através da mobilização de fundos públicos e privados para apoiar as prioridades políticas da UE.

No âmbito do programa, o Fundo InvestEU é executado através de parceiros financeiros que investem em projetos utilizando a garantia orçamental da UE e mobilizando assim, pelo menos, 372 mil milhões de euros de investimento adicional.

Leia Também: Estudantes acampam hoje na UC para exigir habitação digna

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório