Meteorologia

  • 24 JULHO 2024
Tempo
23º
MIN 20º MÁX 37º

Seis dicas para ser amigo do ambiente e poupar dinheiro

De tirar partido da orientação solar da casa até ao repensar as deslocações, fique a par de seis dicas.

Seis dicas para ser amigo do ambiente e poupar dinheiro
Notícias ao Minuto

10:00 - 21/09/23 por Notícias ao Minuto

Economia Sustentabilidade

Ser amigo do ambiente e poupar algum dinheiro é possível? A resposta é sim, desde que sejam adotados - ou ajustados - alguns comportamentos. Nesta senda, o ComparaJá.pt adianta, em comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, seis dicas que podem ajudar. 

Tome nota

  1. Tirar partido da orientação solar da casa: "Durante o verão, as persianas e cortinas devem estar fechadas durante o dia para evitar a entrada de calor, recomendando-se abrir as janelas à noite para arrefecer a casa. Durante o inverno, deve ser feito o oposto, obtendo-se assim condições de climatização ideais durante todo o ano. Desta forma, é mais fácil aproveitar o calor do sol para climatizar a casa, evitando o recurso ao ar-condicionado ou a aquecedores";
  2. Garantir o isolamento térmico da casa: "O isolamento térmico é essencial para a eficiência energética da casa, porque evita perda de calor e entrada de frio. Uma casa bem isolada vai evitar o sobreaquecimento no verão e garantir a retenção de calor no inverno. A utilização de materiais de construção isolantes, portas e janelas bem vedadas para não deixar entrar e sair ar, vidros duplos, fitas de calafetagem e enchimentos de aplicação em fissuras são algumas das coisas que podem ser feitas";
  3. Equipar a casa com aparelhos de eficiência energética: "Os equipamentos de maior eficiência energética podem ser mais caros, mas compensam a longo prazo na fatura mensal, principalmente se forem utilizados de forma intensiva. Deve ser dada especial atenção ao frigorífico, máquina de lavar roupa e máquina de lavar louça, que representam a maior fatia do consumo energético familiar mensal";
  4. Considerar instalar painéis solares: "É certo que requerem um investimento inicial expressivo e, por isso, podem não ser a solução ideal para quem mora sozinho, não tem filhos ou reside numa casa pequena. Contudo, os painéis solares podem ser uma boa alternativa para famílias que residam em moradias, onde os consumos energéticos são elevados. Nestes casos, podem diminuir o consumo elétrico em até 60%";
  5. Utilizar lâmpadas LED: "Gastam muito menos e duram mais. As lâmpadas LED podem durar 25 vezes mais do que as lâmpadas incandescentes, com um tempo de vida útil a rondar as 20 e 45 mil horas de utilização. Além disso, as lâmpadas LED permitem poupar cerca de 80% de energia elétrica comparativamente às lâmpadas incandescentes";
  6. Repensar as deslocações: "Também no campo da mobilidade é possível dar importantes passos no sentido da eficiência energética. Quando o automóvel é indispensável, e se possível, apostar em veículos elétricos. A maior parte das marcas estão a abandonar a produção de veículos a combustão, investindo em alternativas elétricas ou híbridas. Os condutores deste tipo de veículos beneficiam de menos impostos e mais incentivos, como a isenção do pagamento de Imposto Sobre Veículos (ISV) e do pagamento do Imposto Único de Circulação (IUC)".

Leia Também: Portugal está entre os países do mundo onde os jogos duram mais tempo

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório