Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 20º

Fed sobe taxas de juro em 25 pontos base, depois de pausa de junho

A Reserva Federal dos Estados Unidos (Fed) retomou hoje a subida das taxas de juro, depois de ter feito uma pausa em junho, ao aumentar as taxas em 0,25 pontos percentuais.

Fed sobe taxas de juro em 25 pontos base, depois de pausa de junho
Notícias ao Minuto

19:20 - 26/07/23 por Lusa

Economia Fed

Desta forma, as taxas estão agora numa faixa entre 5,25% e 5,5%, superando os níveis de 2007 e o nível mais elevado desde janeiro de 2002.

Hoje, o Comité Federal de Mercado Aberto (Federal Open Market Committee, FOMC) da Reserva Federal dos Estados Unidos (Fed) decidiu retomar a trajetória de aperto da sua política monetária após a pausa adotada na reunião de junho, depois de dez subidas consecutivas das taxas, alargando para onze os aumentos do preço do dinheiro realizados desde o início da sequência, em março de 2022.

"O Comité continuará a avaliar informações adicionais e as suas implicações para a política monetária. Ao determinar o grau de aperto adicional da política que pode ser apropriado para trazer a inflação de volta a 2% ao longo do tempo, o Comité levará em consideração o aperto cumulativo da política monetária, os atrasos com que a política monetária afeta a atividade económica e a inflação e o desenvolvimento de fatores económicos e financeiros", disse o banco central.

A subida de um quarto de ponto em julho, antecipada pelo mercado, deixa os investidores à espera das possíveis pistas que o presidente da Fed, Jerome Powell, poderá dar na conferência de imprensa que dará após o anúncio da decisão do Comité e perante os sinais de desinflação que os dados macroeconómicos começam a mostrar.

Este novo aumento fará subir as taxas de juro dos empréstimos contraídos pelas famílias e pelas empresas.

No entanto, a política monetária da Fed está a dar frutos, já que a inflação desceu em junho para o nível mais baixo desde março de 2021, para 3,00% em termos homólogos, de acordo com o índice IPC. Mas ainda está muito acima do objetivo de 2%.

E a inflação subjacente, ou seja, excluindo os preços dos produtos alimentares e da energia, continua a ser de 4,8% em termos homólogos. Os preços das casas, em particular, continuam a subir.

A próxima reunião de política monetária da Fed realiza-se em 19 e 20 de setembro.

[Notícia atualizada às 19h36]

Leia Também: Euro sobe antes das decisões da Fed e do BCE sobre juros

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório