Meteorologia

  • 17 JUNHO 2024
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 22º

Preço do cabaz de alimentos com IVA zero desce 10%

O preço dos bens alimentares que integram o cabaz do IVA zero reduziu-se em 10% até ao dia 17 de julho, segundo dados da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), divulgados hoje pelo Ministério da Economia.

Preço do cabaz de alimentos com IVA zero desce 10%
Notícias ao Minuto

16:33 - 19/07/23 por Lusa

Economia Governo

"Decorridos três meses de vigência da medida de isenção do IVA nas 46 tipologias de bens alimentares, e de acordo com os dados que resultam da monitorização realizada pela ASAE, no âmbito do Acompanhamento dos Preços dos Bens Alimentares, até ao passado dia 17 de julho a redução dos preços dos bens alimentares ultrapassou o valor de 10%", pode ler-se nota do Ministério da Economia e Mar.

Segundo o executivo, a redução de 10,06% no preço do mesmo cabaz alimentar traduz "uma redução relevante, progressiva e sustentada do preço dos bens alimentares que integram o referido cabaz".

Tal leva o Ministério a considerar que a medida constitui "um dos fatores que contribuiu para a tendência de descida da taxa de inflação em Portugal, registada nos últimos meses".

"Para alcançar estes resultados foi decisiva a concretização dos compromissos assumidos pelo Estado português, quer quanto à isenção do IVA, quer quanto ao reforço nos apoios à produção agrícola para mitigar o impacto dos custos de produção, bem como dos compromissos assumidos de todas as demais partes subscritoras do Pacto para a Redução e Estabilização de Preços dos Bens Alimentares com o desígnio de mitigar os impactos da inflação junto das famílias em Portugal", acrescenta.

Leia Também: O balanço de três meses de IVA zero: O que está mais caro? E mais barato?

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório