Meteorologia

  • 17 JULHO 2024
Tempo
24º
MIN 16º MÁX 28º

Taxa de inflação abranda em junho na zona euro e na UE

A taxa de inflação homóloga na zona euro abrandou, em junho, para os 5,5%, e a da União Europeia para 6,4%, contra, respetivamente, os 6,1% e os 7,1% em maio, segundo dados hoje divulgados pelo Eurostat.

Taxa de inflação abranda em junho na zona euro e na UE
Notícias ao Minuto

10:37 - 19/07/23 por Lusa

Economia Eurostat

Em junho de 2022, a taxa de inflação homóloga na zona euro era de 8,6% e de 9,6% na UE.

De acordo com o serviço estatístico europeu, que para a zona euro confirmou a taxa que tinha sido avançada na estimativa rápida de 30 de junho, a componente da alimentação, álcool e tabaco registou a maior taxa de inflação homóloga (11,6%, face aos 12,5% de maio), seguindo-se a dos bens industriais não energéticos (5,5%, que se compara com 5,8%), dos serviços (que subiu de 5,0% para os 5,4% de maio para junho), e da energia (com uma deflação de 5,6% face à de 1,8% em maio).

A taxa de inflação subjacente (sem energia nem alimentos não transformados), por seu lado, recuou para os 6,8%, face aos 6,9% registados em maio.

As maiores taxas de inflação -- medidas pelo Índice Harmonizado dos Preços no Consumidor (IHPC) -- foram registadas, em junho, na Hungria (19,9%), Eslováquia (11,3%) e na República Checa (11,2%) e as menores no Luxemburgo (1,0%), Bélgica e Espanha (1,6% cada).

Em Portugal, a taxa de inflação homóloga medida pelo IHPC (que permite fazer comparações entre os vários países) recuou, em junho, para os 4,7%, face aos 5,4% de maio e os 9,0% de junho de 2022.

A taxa de inflação da zona euro acelerou desde junho de 2021, principalmente devido à subida dos preços da energia, e atingiu valores recorde desde novembro de 2021, com o primeiro recuo a ser registado em novembro de 2022.

Em junho, registou o segundo abrandamento consecutivo, depois de um ligeiro aumento em abril.

[Notícia atualizada às 10h52]

Leia Também: Produção na construção avança em maio na zona euro e recua na UE

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório