Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

"É um dia importante". Ministro Galamba assinala concurso para o IP3

Ministro das Infraestruturas espera que as obras arranquem ainda no próximo ano. Sobre os trabalhos em torno do novo aeroporto, Galamba adianta que, "apesar de atraso" nos trabalhos, o prazo mantém-se.

"É um dia importante". Ministro Galamba assinala concurso para o IP3
Notícias ao Minuto

13:57 - 17/07/23 por Beatriz Vasconcelos

Economia Galamba

O ministro das Infraestruturas, João Galamba, anunciou esta segunda-feira que foi lançado o concurso para as obras no IP3 entre Santa Comba Dão e Viseu, esperando que as obras arranquem no próximo ano. 

"Foi hoje lançada a mais importante de todas, entre Santa Comba Dão e Viseu", disse João Galamba, em declarações aos jornalistas, acreditando que "é um dia importante". "O concurso foi hoje lançado e esperamos ter máquinas no terreno e esperamos ter maquinas no terreno no final do próximo ano", adiantou.

O ministro detalhou que "objetivo é ter a obra pronta o mais depressa possível". 

Novo aeroporto? "Apesar de atraso" nos trabalhos, prazo mantém-se

Relativamente aos trabalhos da Comissão Técnica Indedependente (CTI), relativamente ao novo aeroporto, Galamba diz que "apesar de ter havido um atraso", os trabalhos estão a ser retomados e, por isso, o prazo "mantém-se". 

"Segundo a coordenadora da CPI é para cumprir o prazo", apontou o ministro das Infraestruturas. "Está a fazer o seu trabalho e continuará a fazê-lo até ao final do ano", reiterou. 

O Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) está autorizado a fazer ajustes diretos quando o valor for inferior a 215.000 euros para a realização de trabalhos pela Comissão Técnica Independente (CTI), segundo um documento publicado em Diário da República.

A coordenadora da CTI para o estudo da expansão aeroportuária de Lisboa garanti, na semana passada, que a estrutura é independente e não tem nenhuma encomenda de opção a favorecer, entre as nove que estão em estudo.

Marcelo leva TAP ao Conselho de Estado? "Não me incomoda de todo"

Questionado sobre se fica incomodado com o facto de Marcelo Rebelo de Sousa levar a gestão da TAP ao Conselho de Estado, Galamba foi assertivo: "Não, [o Presidente da República] tem direito de levar o que entender ao Conselho de Estado. Não me incomoda de todo".

Relativamente ao caso Altice, Galamba afasta fazer comentários sobre o assunto, lembrando que tem a tutela das telecomunicações e acrescentando: "Deixarei esse processo seguir o curso normal". 

Relativamente a este assunto vale recordar que a Altice anunciou, esta segunda-feira, que o co-CEO, Alexandre Fonseca, suspendeu as suas funções no âmbito das atividades empresariais executivas e não executivas de gestão do grupo em diversas geografias, incluindo as posições de 'chairman' em diversas filiais.

[Notícia atualizada às 14h23]

Leia Também: Número de passageiros da STCP aumenta 13% no 1.º semestre face a 2022

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório