Meteorologia

  • 04 MARçO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

CP em greve durante JMJ? Galamba acusa sindicato de "afirmações falsas"

O ministro das Infraestruturas acusa Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI) de fazer "afirmações falsas".

CP em greve durante JMJ? Galamba acusa sindicato de "afirmações falsas"
Notícias ao Minuto

12:17 - 30/06/23 por Notícias ao Minuto

Economia Galamba

João Galamba disse, esta manhã, que o Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI) fez "afirmações falsas" porque o "Governo chegou a acordo com 15 dos 16 sindicatos da CP", relativamente às greves que estavam marcadas para os dias da Jornada Mundial da Juventude e que, portanto, "fez o que lhe competia".

"O Governo chegou a acordo com 15 dos 16 sindicatos da CP, já fez um apelo para o fim dessa greve do décimo sexto sindicato", disse. Apenas um dos sindicatos "não assinou o acordo da empresa", tendo sido feito um apelo para "o fim da greve" anunciada pelo mesmo.

"Consideramos que foram feitas afirmações falsas e que o líder sindical desse sindicato em concreto [SFRCI] não tem razão, porque a CP já fez aquilo que lhe competia", disse o governante.

"A CP já fez o que lhe competia e fez bem. Propôs aumentos salariais num contexto de inflação difícil e a demonstração que o fez bem é que chegou a acordo com 15 dos 16 sindicatos. Neste momento, não há mais nada para negociar", afirmou.

João Galamba considerou, ainda, que  a "CP foi bastante contundente e enfática quanto às explicações que deu quanto à insistência dos revisadores" no que diz respeito aos salários.

Recorde-se que a greve parcial dos revisores e trabalhadores das bilheteiras na CP tinha sido alargada até 6 de agosto, abrangendo o período em que decorre em Lisboa a Jornada Mundial da Juventude.

[Notícia atualizada às 14h26]

Leia Também: Constrangimentos em Lisboa? Galamba defende reforço de aeródromos

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório