Meteorologia

  • 03 MARçO 2024
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 15º

Declarações de Powell em Sintra levam Wall Street a fechar sem rumo

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em ordem dispersa, depois da forte subida da véspera e das afirmações de hoje do presidente da Reserva Federal (Fed), em Sintra, que não excluiu subida da taxa de juro nos próximos meses.

Declarações de Powell em Sintra levam Wall Street a fechar sem rumo
Notícias ao Minuto

00:02 - 29/06/23 por Lusa

Economia Wall Street

Nova Iorque, 28 jun 2023 (Lusa) -- A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em ordem dispersa, depois da forte subida da véspera e das afirmações de hoje do presidente da Reserva Federal (Fed), em Sintra, que não excluiu subida da taxa de juro nos próximos meses.

Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average recuou 0,22%, enquanto o alargado S&P500 praticamente não variou, ao fechar em baixa de 0,04%. Pelo contrário, o tecnológico Nasdaq avançou 0,27%.

Os investidores foram afetados moderadamente pelas declarações de Jerome Powell, durante uma conferência de banqueiros centrais em Sintra, quando estimou que a situação económica está "longe de um regresso à normal".

O presidente da Fed declarou: "Pensamos que vai haver um endurecimento" da política monetária para jugular a inflação. "Não afasto a possibilidade de subida em duas sessões consultivas", acrescentou.

"Pensamos que, em termos gerais, ele repetiu o que já disse", considerou Karl Haeling, da LBBW. "Penso antes que o mercado fez uma pausa", depois da viva alta de terça-feira, "porque estamos no final do trimestre e há um reequilíbrio das carteiras" de investimento, desenvolveu, em declarações à AFP.

Por outro lado, aproxima-se um fim de semana prolongado com o eirado nacional do 04 de Julho e as trocas reduziram-se.

Alguns títulos do setor da tecnologia digeriram mal as informações avançadas pelo Wall Street Journal de o governo de Joe Biden estar a prever limitar as exportações para a China de 'chips' dedicados à inteligência artificial (IA).

Questionado pela AFP, o Departamento do Comércio não fez comentário.

Mas a ação da Nvidia, especialista de microprocessadores muito potentes procurados para a IA, caiu e fechou em baixa de 1,81%. Esta empresa está a obter 20% das suas receitas da China, apontou Edward Moya, analista da Oanda.

Leia Também: Bolsa de Wall Street negoceia em baixa no início da sessão

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório