Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

IGCP prolonga maturidade de 875 milhões de dívida para 2032 e 2052

O IGCP prolongou a maturidade de 875 milhões de euros em Obrigações do Tesouro de dívida com maturidades de 2025, 2026 e 2027 para 2032 e 2052, foi hoje anunciado.

IGCP prolonga maturidade de 875 milhões de dívida para 2032 e 2052
Notícias ao Minuto

13:42 - 28/06/23 por Lusa

Economia IGCP

No site da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) na Bloomberg, a instituição afirma que comprou 191 milhões de euros de "OT 2,875% 15out2025" ao preço de 99,832%, 164 milhões de euros de "OT 2,875% 21jul2026" ao preço de 99,956% e 520 milhões de euros de "OT 4,125% 14abr2027" ao preço de 104,472%.

Em contrapartida, o IGCP vendeu 315 milhões de euros de "OT 1,65% 16jul2032" ao preço de 89,36% e 560 milhões de euros de "OT 1% 12abr2052" ao preço de 55,31%.

Além de uma maturidade mais curta, as obrigações que o IGCP comprou têm juros mais elevados do que os das obrigações que vendeu.

Comentando os resultados da operação de troca, Filipe Silva, diretor de Investimentos do Banco Carregosa, afirma que com esta operação Portugal "tira pressão" de amortizações de dívida nos prazos mais curtos, sublinhando que "as emissões que vendeu também têm um cupão mais baixo, 1,65% (2032) e 2% (2052) que acabam por pesar menos nos custos anuais que se tem com o serviço da dívida".

"Na perspetiva do investidor, este consegue trocar o investimento em dívida soberana portuguesa com 'yields' mais baixas para outro com o mesmo risco e taxas mais elevadas", refere, acrescentando que "também prova que os investidores acreditam em Portugal e no risco do mesmo, uma vez que estão a estender a maturidade dos seus investimentos".

As 'yields' das "OT 2,875% 15out2025", "OT 2,875% 21jul2026" e das "OT 4,125% 14abr2027" foram de 2,92%, 2,88% e 2,88%, respetivamente, enquanto as das "OT 1,65% 16jul2032" e das "OT 1% 12abr2052" foram de 3,01% e 2,86%, precisou Filipe Silva.

O IGCP realizou hoje uma operação de troca de dívida, que consistiu na venda de duas Obrigações do Tesouro (OT), com maturidades em julho de 2032 e abril de 2052 e na compra de três OT, com vencimento em outubro de 2025, julho de 2026 e abril de 2027.

Leia Também: "Impulso orçamental restritivo ajudaria BCE na prossecução do objetivo"

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório