Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2024
Tempo
14º
MIN 11º MÁX 16º

Portugal e Cabo Verde assinam hoje acordo sobre Fundo Climático Ambiental

Os primeiros-ministros de Portugal e de Cabo Verde presidem hoje, em Lisboa, à assinatura de acordos bilaterais, dos quais se destaca a criação de um Fundo Climático Ambiental que envolverá cerca de 12 milhões de euros.

Portugal e Cabo Verde assinam hoje acordo sobre Fundo Climático Ambiental
Notícias ao Minuto

06:26 - 20/06/23 por Lusa

Economia Clima

António Costa reúne-se com Ulisses Correia e Silva, hoje, pelas 09:30, em São Bento, seguindo-se uma cerimónia de assinatura de instrumentos jurídicos e uma declaração conjunta à imprensa por parte dos líderes dos executivos português e cabo-verdiano.

Segundo fonte diplomática nacional, com o acordo em torno do Fundo Climático Ambiental, que será criado pelas autoridades cabo-verdianas, Portugal assume o compromisso de participar com 12 milhões de euros.

Estes 12 milhões de euros correspondem ao montante a reembolsar pelo Estado cabo-verdiano, a título de capital, no âmbito do Contrato de Consolidação da Dívida de Cabo Verde a Portugal, celebrado em 1 de fevereiro de 2022.

"O memorando de entendimento a celebrar entre Portugal e Cabo Verde visa reforçar o compromisso de Portugal contribuir para a consolidação do processo de desenvolvimento sustentável de Cabo Verde, apoiando investimentos estratégicos que promovam o combate às alterações climáticas naquele país, indo ao encontro dos compromissos internacionais assumidos por ambas as partes", lê-se numa nota enviada à agência Lusa.

De acordo com o executivo de Lisboa, Portugal é o primeiro país a participar no futuro fundo climático ambiental e entende-se que este passo representa "um sinal inequívoco do forte compromisso bilateral com Cabo Verde, esperando que este exemplo possa motivar outros países, instituições financeiras internacionais e organizações multilaterais a subscreverem este fundo".

"Portugal tem trabalhado ativamente com países parceiros no sentido de desenvolver soluções inovadoras e adaptadas a cada realidade para responder ao desafio global dos elevados custos dos serviços de dívida pública, um travão à capacidade de investimento dos países mais vulneráveis para quebrar os ciclos de pobreza e combater as alterações climáticas", acrescenta-se na mesma nota.

Após a reunião com o primeiro-ministro de Cabo Verde, António Costa recebe em São Bento, pelas 13:00, o Presidente da República do Senegal, Macky Sal.

No final deste encontro, está prevista uma cerimónia de assinatura de acordos bilaterais, seguindo-se um almoço oferecido pelo primeiro-ministro português ao Presidente da República do Senegal.

Leia Também: Cabo Verde reforça cooperação na economia marítima com a Alemanha

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório