Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2024
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 14º

Reserva Federal norte-americana interrompe subidas nas taxas de juro

A Reserva Federal (Fed), banco central dos Estados Unidos, decidiu hoje fazer pausa nas subidas das taxas de juro, pela primeira vez desde março de 2022, mantendo-as no intervalo entre 5% e 5,25%, foi divulgado pela entidade.

Reserva Federal norte-americana interrompe subidas nas taxas de juro
Notícias ao Minuto

19:19 - 14/06/23 por Lusa

Economia Fed

Esta decisão foi conhecida no dia seguinte aos dados divulgados pelo Departamento do Trabalho norte-americano, dando conta de que a inflação nos Estados Unidos desacelerou significativamente de 4,9% em abril deste ano, para 4% no mês de maio, o valor mais baixo registado desde março de 2021.

No comunicado em que divulgou hoje a decisão, tomada por unanimidade pelo seu comité de política monetária, a Fed ressalvou, no entanto, que continua muito atenta "aos riscos de inflação", considerando que se mantém "elevada" e reforçando o objetivo de atingir a meta de 2% neste indicador.

Segundo a Fed, a manutenção deste intervalo permitirá ao comité "avaliar informação adicional e as suas implicações para a política monetária".

"O comité está fortemente empenhado em fazer regressar a inflação ao seu objetivo de 2%", destacou.

Ainda assim, a Fed alertou que irá continuar a monitorizar as implicações da informação que recebe sobre as perspetivas económicas para o país.

"O comité estará preparado para ajustar a sua orientação sobre a política monetária, conforme apropriado, caso surjam riscos que possam impedir que sejam atingidas as metas" a que se propôs.

Segundo a mesma nota, as avaliações do comité terão em conta uma "vasta gama de informação", incluindo sobre as condições do mercado de trabalho, pressões e expectativas acerca da inflação e desenvolvimentos financeiros e internacionais.

Em termos mensais, o Índice de Preços no Consumidor (IPC) nos Estados Unidos apresentou um crescimento de 0,1% em maio, face aos 0,4% observados em abril, referiu o Departamento do Trabalho norte-americano em comunicado na terça-feira.

A inflação anual saiu em linha com as previsões dos analistas, mas recuou mais do que o esperado em termos mensais, já que o mercado apontava para uma subida dos preços em 0,4% em maio.

[Notícia atualizada às 19h51]

Leia Também: Wall Street termina em alta tranquilizada pelo abrandamento da inflação

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório