Meteorologia

  • 22 JULHO 2024
Tempo
36º
MIN 18º MÁX 37º

Mercado regulado de eletricidade cresce 5% para 969.000 clientes em abril

O mercado regulado de eletricidade registou 969.000 clientes em abril, o que corresponde a um aumento homólogo de 5%, associado à subida atípica de preços no mercado grossista, informou hoje a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

Mercado regulado de eletricidade cresce 5% para 969.000 clientes em abril
Notícias ao Minuto

12:54 - 09/06/23 por Lusa

Economia Eletricidade

“Em abril de 2023, o mercado regulado registava cerca 969.000 clientes, para um consumo estimado em base anual de 3.045 GWh [Gigawatts-hora]. Estes valores representam um aumento de 5% no número de clientes, bem como um acréscimo de 10,3% em consumo, relativamente a abril de 2022”, concluiu a ERSE, no Boletim sobre o Mercado Liberalizado de Eletricidade relativo a abril.

Segundo o regulador, aquele aumento de clientes está associado à “atipicidade relativa à subida de preços no mercado grossista”.

O regulador apontou que, ainda assim, a passagem progressiva para o mercado livre tem tornado a carteira dos comercializadores no mercado regulado (CUR – comercializador de último recurso) concentrada nos clientes domésticos, que representaram em abril 99,8% dos clientes presentes no mercado regulado e 92,6% dos fornecimentos da comercialização de último recurso.

No mês em análise, o mercado livre alcançou cerca de 5,5 milhões de clientes e 42.431 GWh de consumo anualizado, correspondendo a um acréscimo de 11.427 clientes e uma redução de 326,2 GWh em consumo, face a março de 2023.

Já em termos homólogos, aqueles valores representam um aumento de 0,2% em número de clientes e um decréscimo de 0,4% em consumo.

“A quase totalidade dos clientes do mercado livre concentra-se, naturalmente, no segmento dos clientes residenciais, os quais representaram 98,8% do total de clientes”, apontou a ERSE.

Em abril, entraram 21.610 clientes no mercado livre, tendo 7.256 (78,7 GWh) transitado do mercado regulado e 14.354 (28,8 GWh) entrado diretamente para as carteiras de comercializadores em regime de mercado (entradas diretas).

Por outro lado, cessaram contrato no mercado 9.141 clientes (73,3 GWh) sem que tenham celebrado outro contrato de fornecimento (saídas diretas), e regressaram ao mercado regulado 1.042 clientes (5,5 GWh).

Em abril, a EDP Comercial manteve a sua posição como principal operador no mercado livre, com uma redução de quota, face a março, de 0,3 pontos percentuais em número de clientes, e 0,1 pontos em termos de consumo, enquanto a Endesa, a Goldenergy, a Galp, a Iberdrola e a MEO Energia mantiveram, sensivelmente, as suas quotas relativamente ao mês anterior.

Já em termos de consumo, a Endesa e a Iberdrola ocupam a segunda e a terceira posição de quota de mercado, tendo a Endesa registado uma redução de 0,4 pontos percentuais e a Iberdrola aumentado 0,8 pontos face a março.

Relativamente ao mês homólogo, a EDP Comercial foi o comercializador que perdeu mais quota em termos de clientes (2,8 pontos percentuais), e a Galp o que perdeu mais em termos de consumo (2,3 pontos).

No sentido contrário, a Goldenergy foi o comercializador com maior ganho de quota em número de clientes (2,0 pontos), e a Iberdrola o que ganhou mais quota em termos de consumo (2,6 pontos).

Leia Também: Usain Bolt nomeia o jogador do Manchester United que o bateria em corrida

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório