Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 28º

A pensar investir? Cinco coisas a saber sobre os certificados de aforro

O que são os certificados de aforro? Qual é o investimento mínimo? Quando pode levantar o dinheiro? Esclareça aqui as dúvidas.

A pensar investir? Cinco coisas a saber sobre os certificados de aforro
Notícias ao Minuto

08:15 - 04/06/23 por Notícias ao Minuto

Economia Certificados de Aforro

Os certificados de aforro têm dado muito que falar nos últimos dias, desde logo porque se verifica uma elevada procura por este produto financeiro. Sabe o que são?

De acordo com os CTT - Correios de Portugal, que são um dos locais onde pode subscrever a par dos Espaços Cidadão ou online, estas são cinco características que deve mesmo saber: 

  1. Juros calculados de 3 em 3 meses e somados à sua poupança;
  2. Investimento mínimo de 100€ e máximo de 250.000€;
  3. Fácil de subscrever, fácil de resgatar;
  4. Subscrição e levantamento sem quaisquer encargos;
  5. Prémios de permanência até 1%.

De acordo com os CTT, "cada subscrição vence juros com uma periodicidade trimestral", sendo que a "taxa de juro é a soma da taxa base na data de início do trimestre com o prémio de permanência".

O que são os certificados de aforro?

Na prática, tratam-se de "dívida pública com capital garantido". Significa isto que, "ao subscrever certificados de aforro, está a emprestar dinheiro ao Estado português. É o Estado português que garante que vai receber de volta toda a sua poupança e os juros a que tiver direito".

Depois, a partir do segundo ano, "além da taxa-base beneficia de um prémio de permanência de 0,5%. A partir do 5.º ano, o prémio de permanência aumenta para 1%".

Quando pode levantar o dinheiro?

Os CTT lembram que o "prazo dos Certificados de Aforro série E é de 10 anos a partir da data em que subscrever. No entanto, só não pode levantar o dinheiro durante os primeiros três meses. Depois, pode levantá-lo a qualquer momento, sem qualquer encargo, quer levante a totalidade ou só uma parte".

"Se não levantar a sua poupança antes, irá recebê-la, com os juros que tiver ganho, 10 anos depois de subscrever os Certificados de Aforro série E. Os resgates de Certificados de Aforro das séries A, B, C e D em numerário, apenas podem ser efetuados pelo titular da conta aforro, e até ao limite máximo de 3.000 € (três mil euros) por conta aforro e por dia", explica ainda a operadora de correios.

Leia Também: CTT abrem candidaturas ao programa 'trainees' e disponibilizam 20 vagas

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório