Meteorologia

  • 19 JUNHO 2024
Tempo
20º
MIN 13º MÁX 21º

CP prevê "fortes perturbações" hoje. Veja aqui que comboios circulam

Veja a lista dos serviços mínimos definidos pelo Tribunal Arbitral até quinta-feira, dia 1 de junho.

CP prevê "fortes perturbações" hoje. Veja aqui que comboios circulam
Notícias ao Minuto

06:03 - 30/05/23 por Notícias ao Minuto

Economia CP

A CP - Comboios de Portugal alertou para "fortes perturbações" na circulação ferroviária entre esta terça-feira, dia 30 de maio, e 1 de junho, devido à greve convocada para quarta-feira pelos sindicatos SFRCI, SINFA e SNTSF. 

O Tribunal Arbitral decretou serviços mínimos para a greve na CP, de cerca de 30% nos serviços urbanos e regionais e 25% nos de longo curso.

Que comboios vão circular? Foram definidos os seguintes serviços mínimos:

No acórdão publicado na página do Conselho Económico e Social (CES), o Tribunal Arbitral entendeu "que devem ser fixados serviços mínimos no que respeita à circulação de comboios no período de greve, tanto nos serviços urbanos e regionais (na ordem dos 30% dos serviços programados), como nos serviços de longo curso (cerca de 25%)".

O Tribunal Arbitral considerou que a proposta apresentada pela CP, de serviços mínimos entre 50% e 75% dos comboios programados, era "manifestamente inadequada e desproporcional", pondo "em causa a própria noção de 'serviços mínimos'" e diminuindo " a extensão e o alcance do conteúdo essencial do direito à greve".

A CP informou, em comunicado, que os clientes que já tenham bilhetes adquiridos para viajar em comboios dos serviços Alfa Pendular, Intercidades, Internacional, InterRegional e Regional poderão solicitar o reembolso do valor total do bilhete ou a sua troca gratuita para outro comboio da mesma categoria e na mesma classe.

O reembolso ou troca podem ser efetuados nas bilheteiras ou em myCP, na área "Os seus bilhetes" (para bilhetes adquiridos na bilheteira 'online' ou na aplicação da CP), até aos 15 minutos que antecedem a partida do comboio da estação de origem do cliente.

Passado esse prazo, e até 10 dias após terminada a greve, pode ser pedido o reembolso através do preenchimento do formulário de contacto 'online' "Reembolso por Atraso ou Supressão", com o envio da digitalização do original do bilhete.

Leia Também: Tribunal Arbitral decreta serviços mínimos para greve da CP

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório