Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 29º

PRR: Ministério da Economia está a fazer tudo para acelerar execução

O ministro da Economia e do Mar garantiu hoje, no parlamento, que o seu ministério está a fazer tudo para acelerar a execução do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), notando que os pagamentos executados estão em 630 milhões de euros.

PRR: Ministério da Economia está a fazer tudo para acelerar execução
Notícias ao Minuto

11:40 - 10/05/23 por Lusa

Economia Ministro

"O Ministério da Economia está a fazer tudo para acelerar a execução do PRR. Gerimos um pacote de 4.100 milhões de euros e 630 milhões de euros de pagamentos estão executados, o que corresponde a 15%, acima da média de execução do PRR", afirmou António Costa Silva, numa audição parlamentar na Comissão de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação.

Das 53 agendas mobilizadoras, 29 estão no terreno e a ser executadas e 15 têm os termos de aceitação executados.

"Esperamos, a breve trecho, ter 44 das 53 agendas mobilizadoras em velocidade cruzeiro", vincou.

Ainda no que se refere às agendas mobilizadoras, o governante disse que vão ser executados pagamentos de 300 milhões de euros, acrescentando que as necessidades iniciais de pagamentos foram colmatadas com um adicional de 10% "porque a maior parte dos investimentos é feita à cabeça".

Os pagamentos aos beneficiários do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) ascenderam a 1.799 milhões de euros (11%), até 03 de maio, e as candidaturas aprovadas a 124.969, segundo o último relatório de monitorização.

Este plano, que tem um período de execução até 2026, pretende implementar um conjunto de reformas e investimentos tendo em vista a recuperação do crescimento económico.

Além de ter o objetivo de reparar os danos provocados pela covid-19, este plano tem ainda o propósito de apoiar investimentos e gerar emprego.

Leia Também: Repsol adquire 50% da elétrica espanhola CHC Energía

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório