Meteorologia

  • 03 JUNHO 2023
Tempo
25º
MIN 15º MÁX 26º

'Fomos' às compras com a lista dos 44 alimentos sem IVA. Quanto se poupa?

Supermercados ainda vão demorar cerca de duas semanas a refletir as mexidas no IVA no preço, mas já se fazem contas à poupança.

'Fomos' às compras com a lista dos 44 alimentos sem IVA. Quanto se poupa?
Notícias ao Minuto

10:00 - 28/03/23 por Notícias ao Minuto

Economia supermercado

A lista dos 44 produtos que vão ter 0% de IVA, no âmbito de um acordo assinado entre produtores, distribuição e Governo, já é conhecida e espera-se que esta medida seja refletida no preço só daqui por duas semanas. Afinal, qual é a poupança estimada? Numa compra de 94,41 euros são cerca de 5,67 euros.

O Notícias ao Minuto simulou a compra de todos estes 44 alimentos num site de um grupo de supermercados, privilegiando a seleção de produtos de marca branca e unidades reduzidas - exemplo: uma lata de atum, um quilo de cenouras ou uma embalagem de leite. 

A conta final deu 94,41 euros. Ora, descontando o valor do IVA aplicado a estes produtos, de 6%, o preço baixa para os 88,74 euros, o que significa uma diminuição de 5,67 euros. 

A lista de produtos com IVA zero inclui pão, batata, massa, arroz.

Nas hortícolas, cebola, tomate, couve-flor, alface, brócolos, cenoura, curgete, alho francês, abóbora, grelos, couve portuguesa, espinafres e nabo. Nas frutas, o IVA zero está previsto para a maçã, banana, laranja, pera e melão

Nas leguminosas está previsto o feijão vermelho, feijão-frade, grão-de-bico e ervilhas.

Nos laticínios, leite de vaca, iogurtes, queijo. Também há IVA zero na carne de porco, frango, carne de peru, carne de vaca. Nos peixes, o bacalhau, sardinha, pescada, carapau, atum em conserva, dourada, cavala.

Ainda previsto IVA zero para os ovos de galinha e, nas gorduras e óleos, para o azeite, óleos vegetais e manteiga.

Na segunda-feira, recorde-se, o secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro, António Mendonça Mendes, afirmou que tem "absoluta convicção de que a redução de preços vai ser inteiramente respeitada", na sequência do acordo sobre o IVA zero, que foi assinado entre o Governo, a distribuição (APED) e os agricultores (CAP), e que diz respeito a 44 produtos alimentares. 

A aplicação da taxa de 0% de IVA a este cabaz e o reforço dos apoios à produção vão custar cerca de 600 milhões de euros, anunciou o primeiro-ministro, António Costa, em Lisboa, na cerimónia de assinatura do pacto.

Leia Também: IVA zero? "Redução de preços vai ser inteiramente respeitada"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório