Meteorologia

  • 17 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 22º

Governo paga até 24 de abril últimos 12 milhões de apoios a produtores

O Ministério da Agricultura paga os últimos 12 milhões de euros de ajudas extraordinárias aos produtores até 24 de abril, de um total de 116 milhões de euros, para fazer face aos aumentos de custos de produção.

Governo paga até 24 de abril últimos 12 milhões de apoios a produtores
Notícias ao Minuto

16:29 - 21/03/23 por Lusa

Economia Ministério da Agricultura

Segundo adiantou à Lusa fonte oficial da tutela, "dos 116 milhões de euros comprometidos para ajudas extraordinárias serão pagos os últimos 12 milhões de euros até no máximo 24 abril".

Estes apoios foram concedidos para gasóleo e para fazer face ao aumento de preços dos fatores produção, nomeadamente fertilizantes e rações para animais.

Abrangidos foram vários setores, como o leite, aves e ovos, suínos, vacas de carne, ovinos, caprinos, culturas temporárias e permanentes de sequeiro e de regadio, secagem de cereais e organizações de produtores.

A ministra da Agricultura disse, no dia 07 de março, que o Governo pagou 1.000 milhões de euros anuais, entre 2020 e 2022, em ajudas à produção, notando que os valores não cobrem a perda de rendimento, mas ajudam a mitigar o impacto.

Maria do Céu Antunes referiu ainda que, em 2020, foram atribuídos 25 milhões de euros em ajudas extraordinárias, 24 milhões de euros no ano seguinte e 52 milhões de euros em 2022.

Foram ainda anunciados mais 57 milhões de euros, mas este apoio só foi regulamentado por Bruxelas no verão passado e aprovado no final do ano. 

"Só em dezembro pudemos abrir as candidaturas. Fechámos as candidaturas a 13 de janeiro e pagámos em 23 e 24 de fevereiro", precisou.

Leia Também: Cheias. Governo anuncia apoio global de 15,5 milhões para produtores

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório