Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
27º
MIN 14º MÁX 28º

Exportações da fileira do pinho atingem novo recorde de 2.700 milhões

As exportações da fileira do pinho aumentaram 28% para o valor recorde de 2.700 milhões de euros em 2022, representando 3,4% das exportações portuguesas e 37% das exportações das indústrias da fileira florestal, anunciou hoje o Centro Pinus.

Exportações da fileira do pinho atingem novo recorde de 2.700 milhões
Notícias ao Minuto

15:13 - 27/02/23 por Lusa

Economia Exportações

Em comunicado, o Centro Pinus -- Associação para a Valorização da Floresta de Pinho destaca que os últimos dados relativos ao comércio internacional divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) "revelam um aumento que supera em mais de 581 milhões de euros o valor registado em 2021, ano em que também se registou um recorde no histórico das exportações portuguesas da fileira do pinho em mais 437 milhões de euros (+25%) comparativamente a 2020".

Segundo salienta, "estes resultados refletem o aumento da procura de madeira e de resina de pinho justificadas por tendências como o aumento da utilização de madeira em construção ou em embalagens de papel usadas nas vendas 'online' e impulsionadas pelas políticas de substituição de produtos da base fóssil".

"Estamos bastante satisfeitos com a evolução crescente das exportações na fileira do pinho e com um maior reconhecimento externo dos produtos de alto valor acrescentado produzidos em Portugal. Este crescimento afirma a capacidade de adaptação e a resiliência das empresas deste setor", afirma o presidente do Centro Pinus, João Gonçalves, citado no comunicado.

De acordo com a associação, o subsetor do 'mobiliário' continuou destacar-se como o que mais exporta, alcançando em 2022 um novo recorde de 933 milhões de euros (+26%).

Já os subsetores 'papel e embalagem' e 'painéis' exportaram 586 milhões de euros e 240 milhões de euros, respetivamente, o que representou, em ambos os casos, um crescimento de 24%, enquanto a 'madeira' vendeu 522 milhões de euros (+18%) nos mercados externos.

Quanto ao subsetor da 'resina', cresceu 19%, com vendas ao exterior no valor de 201 milhões de euros (+19%).

Leia Também: Norte é a região que mais contribuiu para produção de energia hídrica

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório