Meteorologia

  • 15 ABRIL 2024
Tempo
22º
MIN 13º MÁX 24º

Costa pede união entre Portugal e Espanha na exploração de lítio

O primeiro-ministro defendeu hoje que Portugal e Espanha devem unir-se e trabalhar em conjunto na exploração das reservas de lítio, alegando que se trata de um recurso importante de regiões transfronteiriças para a mobilidade elétrica.

Costa pede união entre Portugal e Espanha na exploração de lítio
Notícias ao Minuto

16:07 - 08/02/23 por Lusa

Economia mobilidade elétrica

"Portugal e Espanha têm uma grande oportunidade de cooperação transfronteiriça, porque os dois países têm em conjunto as maiores reservas de um recurso natural fundamental para a mobilidade elétrica dos próximos anos: O lítio", declarou António Costa parte final do discurso que proferiu perante o Fórum La Toja, que teve lugar na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

António Costa assinalou que as maiores reservas de lítio existem nos dois lados da fronteira luso-espanhola.

"Mais do que competir para cada um ter a sua fábrica de baterias e cada um ter a sua refinaria, devemos ter a capacidade de desenvolver em conjunto uma estratégia para valorizarmos em comum um recurso que, sendo a maior a reserva europeia, é ainda assim insuficiente e implicará sempre a importação de mais lítio para se criar uma fábrica sustentável de produção de baterias", sustentou o líder do executivo.

"Temos toda a vantagem para trabalhar em conjunto", reforçou o primeiro-ministro, num discurso em que também defendeu a aceleração das interconexões energéticas entre a Península Ibérica e o resto da Europa, assim como o mecanismo ibérico em vigor para desligar a evolução do preço do gás da eletricidade.

Leia Também: PEV preocupado com impacto da mina de Montalegre nas populações e lobos

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório