Meteorologia

  • 19 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 21º

Passou na A13? Ascendi cobrou portagem indevidamente (e vai reembolsar)

Tratou-se de uma anomalia entretanto corrigida e os condutores afetados serão reembolsados, garante a empresa.

Passou na A13? Ascendi cobrou portagem indevidamente (e vai reembolsar)
Notícias ao Minuto

14:37 - 07/02/23 por Notícias ao Minuto

Economia Ascendi

A Ascendi revelou, esta terça-feira, que cobrou indevidamente portagens na Autoestrada A13 entre os dias 1 e 6 de janeiro. Tratou-se de uma anomalia entretanto corrigida e a empresa vai reembolsar os condutores. 

"Informamos que, entre os dias 1 e 6 de janeiro de 2023, decorrente de uma anomalia de sistema já corrigida, não foram consideradas as isenções ao tráfego local devidas aos clientes da Autoestrada A13 que percorreram aquela via em percurso de apenas um pórtico de portagens", pode ler-se num comunicado publicado no site da empresa

A empresa adianta ainda que vai reembolsar os clientes, sedo que o processo de devolução já está a decorrer para os que têm um identificador eletrónico da Via Verde. 

"Para os clientes que dispõem de identificador eletrónico (Via Verde) na viatura, decorre já o processo de devolução (através de crédito na conta) dos montantes indevidamente cobrados, pelo que não será necessário efetuarem qualquer pedido", acrescenta ainda a Ascendi.

Quanto aos restantes clientes, que tenham efetuado o pagamento das portagens junto dos Correios/Payshop, a Ascendi pede que contactem a empresa "através dos canais a seguir indicados, para que possamos proceder ao devido reembolso". Pode contactar a Ascendi através do contacto 229 980 200 ou deste formulário

"Lamentamos o sucedido e reiteramos que a anomalia foi corrigida, não tendo afetado viagens noutras datas além das acima referidas", conclui a empresa.

Leia Também: Portagens. Como pagar ex-SCUT (e outras eletrónicas) passo a passo

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório