Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

LAM e Boeing assinam acordo para compra de três aviões

As Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) e a fabricante de aviões Boeing assinaram hoje em Maputo um acordo de compra de três aeronaves Boeing 737 pela companhia de bandeira moçambicana, avaliadas em cerca de 164 milhões de euros.

LAM e Boeing assinam acordo para compra de três aviões
Notícias ao Minuto

14:43 - 14/05/14 por Lusa

Economia Milhões

A assinatura do acordo segue-se ao recente anúncio pela Boeing do interesse da LAM em adquirir os três aparelhos, como parte do plano de reforço da frota da transportadora aérea moçambicana.

No âmbito do entendimento hoje celebrado, o primeiro avião será entregue à LAM em 2015 e os restantes serão entregues, em simultâneo, até 2017.

"Essas aeronaves serão usadas em todas as capitais provinciais no mercado doméstico, assim como no mercado regional, como Etiópia e Zâmbia e, a partir de Nacala, voarão para Dubai e Bombaim, no quadro do nosso plano para 2014/15", disse a administradora-delegada da LAM, Marlene Manave, durante a assinatura do acordo.

Por seu turno, o diretor da Boeing para África, Miguel Santos, afirmou que o acordo marca o regresso da aposta da LAM nos aparelhos da Boeing, enfatizando que as três aeronaves são de última geração e tem capacidade para transportar 125 passageiros.

Com a materialização do acordo com a Boeing, a LAM passará a contar com 15 aviões, depois de, em novembro do ano passado, ter perdido um Embraer, de fabrico brasileiro, que se despenhou na Namíbia, matando todos os 33 ocupantes.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório