Meteorologia

  • 20 JUNHO 2021
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Governo foi mais 'troikista' do que a troika nos cortes com pessoal

Os cortes feitos pelo Governo no que diz respeito às despesas com pessoal excederam aquilo que tinha sido estipulado pela troika. Só este ano, a redução de despesa deverá ficar 2,9 mil milhões de euros abaixo do suposto, indica o Jornal de Negócios.

Governo foi mais 'troikista' do que a troika nos cortes com pessoal

No memorando de entendimento assinado em 2011, constava que os salários que já tinham sofrido um corte deveriam ficar congelados e que as despesas do Estado com pessoal deveriam cair 10%.

Mas o Governo foi mais além. Com o reforço dos cortes, aposentações e dispensa de contratos a prazo, a suspensão dos subsídios de férias e de Natal, o corte na remuneração pela prestação de trabalho extraordinário e as rescisões de contrato por mútuo acordo, o objetivo não só foi atingido como ultrapassado.

Segundo o Jornal de Negócios, espera-se para este ano uma redução destas despesas na ordem dos 19,6%, um valor que fica 2,9 mil milhões de euros abaixo do que estava estipulado no memorando.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório