Meteorologia

  • 16 ABRIL 2021
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Empresas do Estado pedem devolução de milhões ao Santander

As empresas públicas de transporte, em contencioso com o banco Santander Totta devido aos contratos swap, reclamam, conta hoje o jornal i, à instituição bancária um reembolso de 134 milhões de euros pelos juros pagos até setembro.

Empresas do Estado pedem devolução de milhões ao Santander

O jornal i revela, esta quinta-feira, que em contestação às ações instauradas pelo Santander Totta nos tribunais ingleses, que pretendem provar a legalidade dos contratos swap, as empresas públicas de transporte portuguesas reclamam o reembolso de juros pagos no valor de 134 milhões de euros.

Isso mesmo é mencionado no relatório e contas de 2013 do Santander: “Em novembro, as empresas do setor público apresentaram, junto dos tribunais ingleses, a sua contestação às ações interpostas pelo banco, requerendo a nulidade dos contratos e solicitando o ressarcimento dos fluxos líquidos de juros, pagos no passado, os quais ascendem a cerca de 134 milhões de euros”.

De acordo com o jornal i, nesse mesmo documento, o Santander, a única instituição com a qual o Governo português não conseguiu chegar a um acordo, esclarece que já em fevereiro deste ano respondeu a essa contestação e que as ações judiciais estão “a seguir os trâmites normais”.

Em causa, recorde-se, estão contratos de risco, vulgarmente designados por swaps, assinados antes de 2008 com as empresas públicas de transporte Metropolitano de Lisboa, Metro do Porto, Carris e STCP (Sociedade de Transportes Coletivos do Porto).

Entretanto, acrescenta o jornal i, estas empresas decidiram suspender em setembro do ano passado o pagamento dos respetivos cupões ao Santander, um montante que já ascende a 45 milhões de euros, revela o relatório e contas do banco.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório