Meteorologia

  • 30 JANEIRO 2023
Tempo
MIN 3º MÁX 12º

Wall Street fecha em baixa por receio de eventual endurecimento da Fed

A bolsa nova-iorquina fechou hoje em baixa, com os investidores inquietos com a eventual reação da Reserva Federal (Fed) a informação macroeconómica melhor do que prevista.

Wall Street fecha em baixa por receio de eventual endurecimento da Fed
Notícias ao Minuto

23:19 - 05/12/22 por Lusa

Economia mercados

Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average recuou 1,40%, o tecnológico Nasdaq cedeu 1,93% e alargado S&P500 perdeu 1,79%.

Depois de abrir sem entusiasmo, Wall Street acolheu friamente a divulgação do índice de atividade ISM relativo aos serviços no mês de novembro, nos EUA, que saiu com 56,5%, acima dos 53,7% esperados.

"O setor dos serviços resiste melhor do que a indústria manufatureira, que é mais sensível às condições financeiras" e à subida das taxas de juro, comentou Kieran Clancy, da Pantheon Macroeconomics.

O índice ISM vai no mesmo sentido que o relatório sobre no emprego, divulgado na sexta-feira, que tinha revelado a criação de 263 mil postos de trabalho, muito acima dos 200 mil estimados que os economistas esperavam.

Perante esta informação, os investidores esperam agora que a Fed aumente a sua taxa de juro de referência mais do que estavam à espera, o que reforça a probabilidade de um golpe de travão na economia, segundo Art Hogan, da B. Riley Wealth Management.

A impressão geral foi reforçada por um artigo no Wall Street Journal que avançava a probabilidade de a Fed aumentar a sua taxa diretora para mais de cinco por cento e mantê-la a este nível por um período prolongado.

O autor do artigo, Nick Timiraos, previu com sucesso as últimas quatro decisões do comité de política monetária (FOMC, na sigla em Inglês) da Fed sobre a taxa de referência em junho, julho, setembro e novembro.

Entretanto, depois de ter visto de forma positiva a redução das restrições socioeconómicas na China, por motivos sanitários (combate à pandemia do novo coronavírus), a praça nova-iorquina espera "que isto venha a aumentar a procura de matérias-primas, o que pode ser inflacionista", comentou Hogan.

Leia Também: Wall Street cai e petróleo segue em alta

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório