Meteorologia

  • 07 FEVEREIRO 2023
Tempo
12º
MIN 6º MÁX 14º

Renovar carta de condução? IMT vai lembrar por SMS (eis o que fazer)

A medida aplica-se a partir desta quarta-feira, dia 30 de novembro, e serve para avisar os condutores com cartas de condução caducadas ou em vias de caducar para procederem à revalidação das mesmas.

Renovar carta de condução? IMT vai lembrar por SMS (eis o que fazer)

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) informou que vai começar, a partir desta quarta-feira, dia 30 de novembro, a enviar mensagens aos condutores que têm cartas de condução caducadas ou em vias de caducar, de modo a alertá-los para a necessidade de procederem à revalidação das mesmas. 

Em comunicado, o IMT explica que esta "comunicação direta" com o condutor será feita por SMS, e-mail e serviço postal. "Este serviço informativo será efetuado, numa primeira fase, para os condutores com a categoria de ligeiros (B)", pode ler-se. 

Nessa mensagem, explica o IMT, "a informação a enviar será adaptada à validade da carta de condução de cada condutor e será efetuada de forma progressiva durante o mês de dezembro".

O IMT divulgou um conjunto de seis perguntas e respostas sobre este envio de notificação aos condutores, que pode ajudar a esclarecer várias dúvidas. Fique a par: 

1. Recebi o aviso por SMS e por serviço postal, o que devo fazer?

"Proceda de acordo com as instruções indicadas no aviso. Em caso de dúvida, pode usar o formulário de contactos disponível no site IMT em https://www.imt-ip.pt/sites/IMTT/Portugues/Contacte-nos/Paginas/Contacte-nos.aspx ou ligar para o call center através do 210 488 488."

2. Recebi o aviso por SMS, por e-mail, ou por serviço postal, mas já renovei a carta de condução, o que devo fazer?

"Caso já tenha procedido à renovação da carta de condução, deve ignorar a comunicação recebida."

3. Recebi o aviso por SMS, por e-mail, ou por serviço postal, mas não pretendo renovar a carta de condução, o que devo fazer?

"Caso não pretenda renovar a carta de condução não precisa fazer nada."

4. A receção da comunicação dispensa a apresentação de atestado médico?

"Depende da idade do condutor. Para os condutores com 50 anos, ou menos, não é necessária emissão de atestado médico. Nos casos em que é necessário, o atestado médico é emitido de forma eletrónica e transmitido ao IMT."

5. Como decorre o processo de renovação da carta?

"O IMT envia aviso ao condutor a informar sobre a situação da carta de condução. O pedido de renovação da carta de condução pode ser efetuado das seguintes formas:

  • Se ainda não decorreu mais de dois anos da data do fim da validade, necessita de submeter o pedido de revalidação. Para proceder à revalidação da carta de condução, deve ir a IMTOnline (www.imtonline.pt), às Lojas de Cidadão, aos Espaços Cidadão ou a um parceiro IMT (ver locais em www.eportugal.pt);
  • Se já decorreu mais de dois anos e menos de cinco anos da data do fim da validade, a revalidação está condicionada à aprovação numa prova prática do exame de condução. Para proceder à revalidação da carta de condução, deve ir a um balcão IMT.
  • Se já decorreu mais de cinco anos e menos de 10 anos da data do fim da validade, a revalidação está condicionada à frequência de ação de formação de atualização de conhecimentos e à aprovação numa prova prática do exame de condução. Para proceder à revalidação da carta de condução, deve ir a um balcão IMT."

6. A comunicação enviada pelo IMT inclui pedido de pagamento de taxa?

"Não, trata-se de um serviço meramente informativo. O pagamento das taxas referentes à revalidação da carta de condução só ocorre na sequência do contacto via imtonline, parceiros ou balcão IMT."

Leia Também: Afinal, quando é que os portugueses vão poder pedir reforma (sem cortes)?

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório