Meteorologia

  • 03 FEVEREIRO 2023
Tempo
MIN 5º MÁX 17º

Exportações dos países lusófonos para Macau sobem 45,9%

As exportações de mercadorias dos países lusófonos para Macau, nos primeiros dez meses do ano, subiram 45,9%, em comparação com igual período de 2021, indicam dados oficiais hoje divulgados.

Exportações dos países lusófonos para Macau sobem 45,9%
Notícias ao Minuto

10:26 - 29/11/22 por Lusa

Economia Macau

O valor exportado pelos países de língua portuguesa para a região administrativa especial chinesa entre janeiro e outubro deste ano foi de 838 milhões de patacas (cerca de 100 milhões de euros), de acordo com um comunicado da Direção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC).

Já o montante importado de mercadorias de Macau pelo bloco lusófono desceu 74,2% em termos anuais, no valor de dois milhões de patacas (239 mil euros).

A balança comercial de outubro registou um défice de 11,5 mil milhões de patacas (1,3 mil milhões euros), referiu a DSEC.

Entre janeiro e outubro deste ano, os valores da exportação atingiram 11,2 mil milhões de patacas (1,3 mil milhões de euros), ou seja, mais 5,1% do que no mesmo período do ano passado, e o valor da importação de mercadorias alcançou 115 mil milhões de patacas (13,7 mil milhões de euros), numa queda de 6,9 em termos anuais.

O défice da balança comercial nos dez primeiros meses de 2022 cifrou-se em 103,7 mil milhões de patacas (12,4 mil milhões euros), menos 9,1 mil milhões de patacas (cerca de mil milhões de euros) face ao período homólogo do ano transato, acrescentou a DSEC.

Leia Também: Criminalidade em Macau desce 16,7% nos primeiros nove meses do ano

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório