Meteorologia

  • 28 JANEIRO 2023
Tempo
MIN 4º MÁX 11º

Uma a uma, eis as tendências do mercado de trabalho para 2023

Fique a par das conclusões de um estudo da Michael Page.

Uma a uma, eis as tendências do mercado de trabalho para 2023
Notícias ao Minuto

15:49 - 28/11/22 por Notícias ao Minuto

Economia Mercado de trabalho

Digitalização dos negócios, mobilidade e novos métodos de trabalho: Afinal, quais vão ser as tendências do mercado de trabalho no próximo ano? A Michael Page divulgou, esta segunda-feira, o seu estudo anual sobre este tema, que revela o que se prevê para 2023. 

"No conjunto de setores, é percetível o aumento da digitalização dos negócios, a mobilidade, novos métodos de trabalho, novas funções e a corrida por talentos", pode ler-se num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto.

Entre as principais conclusões por setor, destacam-se:

  • Banking & Financial: "A passar por uma fase muito favorável, os projetos digitais e processos de desenvolvimento tecnológico ganham relevância neste setor. Os perfis de controlo interno, marketing e sales, encontram-se entre os mais desejados. Destaque ainda para o crescimento de novas Fintech na área de meios de pagamento e a entrada de novas financeiras internacionais que estão a abrir operações em Lisboa e Porto";
  • Construção: "Mantendo a tendência do último ano, o setor da construção continuou a crescer em 2022, com destaque para um aumento significativo de novas obras, principalmente relacionadas com o investimento privado, com a procura acima da oferta. Os projetos ligados à construção civil (edificação) assumem destaque, contudo é previsível que os próximos anos sejam férteis em concursos públicos com projetos de infraestruturas. Em 2022, acentuou-se a escassez de recursos e de mão-de-obra qualificada no mercado";
  • Engineering & Manufacturing: "O setor industrial passou por diferentes fases no decorrer de 2022, com um início muito positivo e posterior retração no último trimestre, comprometendo a retoma do crescimento. Os efeitos da guerra na Ucrânia em indústrias chave, como a automóvel e alimentar e o aumento da inflação, provocaram impacto ao nível das políticas salariais e de recursos humanos das empresas. Não obstante, o desemprego na indústria e serviços mantém-se em níveis muito baixos, o que faz prever um equilíbrio no mercado de trabalho e nas oportunidades de emprego para o início do próximo ano";
  • Finance: "A procura de perfis financeiros, nomeadamente para funções de Controlling, Contabilidade e Direção Financeira, tem tido um aumento gradual nos últimos anos. PME’s que procuram profissionalizar as suas equipas, bem como multinacionais e empresas de SSC, têm sido os principais players no que respeita a novas contratações, criando uma enorme dinâmica no mercado de trabalho nestas áreas";
  • Healthcare & Life Sciences: "Em 2022, o setor de Healthcare & Life Sciences foi dos mais dinâmicos. Ao contrário de anos anteriores, as áreas mais técnicas foram as que apresentaram maior crescimento, nomeadamente: Qualidade, Assuntos Regulamentares e Direção Técnica (QP’s)";
  • Hospitality & Leisure: "Em 2022, observou-se a retoma na área de Hotelaria e do Turismo, com um crescimento gradual ao longo do ano e recordes de faturação em alguns momentos face a 2019, com perspetivas de evolução em 2023. Os projetos de investimento foram retomados, com um aumento do investimento internacional em Portugal, sobretudo na área de hotelaria e alojamento local, com destaque para os investimentos particulares e cadeias mais pequenas que viram um enorme potencial para o desenvolvimento dos seus negócios";
  • Insurance: "No decorrer de 2022, registou-se uma procura considerável por profissionais da área financeira, nomeadamente com skills ao nível de IFRS17, risco e planeamento e controlo de gestão";
  • Information Technology: "Num mercado cada vez mais exigente na combinação das hard skills com as soft skills, reforçou-se a procura de perfis especializados, principalmente nas áreas de Cyber Segurança, IoT, Cloud, CRM, ERP, Machine Learning e Big Data. Os candidatos procuram consolidar os seus conhecimentos de forma a atingirem diferentes patamares de progressão de carreira, quer a nível tecnológico como de gestão";
  • Logística: "Neste setor, observou-se um forte aumento na procura de profissionais de Logística e Supply Chain principalmente em setores industriais, retalho e construção, onde a procura destes profissionais é superior à oferta. Esta escassez de talento traduziu-se num aumento entre 5% e 8% dos salários em geral";
  • Recursos Humanos: "A profissionalização e o reconhecimento do papel estratégico que as funções de Recursos Humanos desempenham para o desenvolvimento do negócio e das empresas acentuou o dinamismo do setor e marcou o aumento do quadro salarial. Num período extremamente desafiante para todas as organizações, as equipas de Recursos Humanos foram decisivas para a reação, adaptação e desenvolvimento de estratégias de Gestão de Recursos Humanos, num curto espaço de tempo, e tiveram de reforçar a sua proximidade com os restantes departamentos";
  • Retail: "A retoma deste setor em 2022 foi surpreendente, destacando-se a competitividade e novas formas de trabalhar, quer a nível de ferramentas digitais como de logística. Se setores como a construção, bricolage, mobiliário, alimentar, desporto, entre outros, já tinham tido um ano bastante positivo em 2021, a grande surpresa foi no retalho especializado que, em algumas áreas, conseguiu obter recordes de vendas face a 2019";
  • Shared Services Centres (SSC): "À medida que os players instalados e os novos investidores continuam a competir pelos melhores talentos, as empresas enfrentam alguns desafios importantes para atrair e reter os melhores candidatos, prevendo-se que 2023 seja um ano muito interessante e desafiante no que diz respeito ao recrutamento neste setor, com a evolução dos atuais centros e novos projetos importantes a surgir";
  • Customer Service: "O recurso ao outsourcing tem crescido significativamente nos últimos anos em diversos setores de atividade, não só devido à procura de uma otimização do serviço como também para recrutar perfis em que há mais dificuldade";
  • Sales & Marketing: "O ano de 2022 foi favorável à instalação de novas empresas e operações em Portugal, bem como o reforço e presença em novos mercados, trazendo novos desafios para as empresas ao nível do recrutamento. Num mercado cada vez mais dinâmico, competitivo e com ofertas de emprego globais, a atração e a retenção de talentos estão no foco das empresas";
  • Secretarial & Business Support: "A adaptação ao trabalho remoto mantém-se como uma prioridade no contexto organizacional. Assiste-se também à resistência por parte de algumas organizações em ter os colaboradores que desempenham funções de Suporte em regime de trabalho híbrido, o que se traduz, inevitavelmente, numa perda de competitividade no momento de atração de novo talento";
  • Tax & Legal: "O regresso à normalidade em 2022 contribuiu para o extremo dinamismo do mercado de trabalho, onde a procura por perfis das Sociedades de Advogados aumentou rapidamente. Os perfis de Advogado mais procurados continuaram a ser aqueles com senioridade entre os 2 e os 5 anos de experiência pós agregação".

Leia Também: Portugal é o país da UE onde mais se valoriza propósito do emprego

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório