Meteorologia

  • 15 JUNHO 2024
Tempo
20º
MIN 14º MÁX 22º

Bolsas europeias em baixa pendentes da inflação da zona euro em novembro

As principais bolsas europeias estavam hoje em baixa, no início de uma semana que começa pendente das taxas de inflação da zona euro, Alemanha e França, em novembro, que só serão anunciadas na quarta-feira.

Bolsas europeias em baixa pendentes da inflação da zona euro em novembro
Notícias ao Minuto

09:43 - 28/11/22 por Lusa

Economia Bolsas

Às 08:55 em Lisboa, o EuroStoxx 600 estava a cair 0,49% para 438,57 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt baixavam 0,61%, 0,59% e 0,43%, bem como as de Madrid e Milão, que desciam 0,41% e 0,80%.

Depois de abrir a cair, a Bolsa de Lisboa mantinha a tendência e às 08:55 o principal índice, o PSI, recuava 0,65% para 5.839,82 pontos.

À espera a inflação da zona euro, os investidores continuam preocupados com as restrições impostas na China devido ao aumento de mortes relacionadas com a covid-19 e de contágios com o novo vírus, que geraram protestos generalizados e aumentam as inquietações sobre uma possível desaceleração económica do país asiático.

Os investidores também vão estar pendentes esta semana dos dados do consumo nos Estados Unidos, cruciais para saber até que ponto poderia chegar a contração do Produto Interno Bruto (PIB).

O Brent, a referência na Europa, desceu 2,88% e o preço por barril está a 81,30 dólares, enquanto o West Texas Intermediate (WTI), de referência nos EUA, também desceu 3% para 73,99 dólares por barril, antes da abertura oficial do mercado.

Na sexta-feira, a Bolsa de Wall Street terminou mista, depois de ter estado fechada na quinta-feira e na parte da manhã de sexta-feira devido ao Dia de Ação de Graças, feriado nos EUA, com o Dow Jones a subir 0,45% para 34.347,03 pontos, contra o máximo desde que foi criado em 1896, de 36.799,65 pontos, registado em 04 de janeiro deste ano.

O Nasdaq fechou a desvalorizar-se 0,52% para 11.226,36 pontos, contra o atual máximo, de 16.057,44 pontos, verificado em 16 de novembro do ano passado.

A nível cambial, o euro abriu em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0391 dólares, contra 1,0395 dólares na sexta-feira, e 0,9585 dólares em 27 de setembro, um mínimo desde junho de 2002.

O euro está a cotar-se acima da paridade face ao dólar desde 07 de novembro, depois de ter estado abaixo da paridade desde 20 de setembro, com exceção para o dia 26 de outubro (1,0076 dólares).

O barril de petróleo Brent para entrega em janeiro de 2023 abriu com tendência descendente no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 81,26 dólares, um mínimo desde fevereiro deste ano (antes do início da invasão da Ucrânia pela Rússia), contra 83,63 dólares na sexta-feira.

Leia Também: Bolsas europeias mistas, preocupadas com expansão da Covid-19 na China

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório