Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 7º MÁX 14º

Uber Eats faz cinco anos em Portugal (e esta foi a encomenda mais cara)

Saiba também qual foi o dia com mais pedidos e quais são os produtos mais procurados.

Uber Eats faz cinco anos em Portugal (e esta foi a encomenda mais cara)
Notícias ao Minuto

09:38 - 24/11/22 por Notícias ao Minuto

Economia Uber Eats

979 euros. Sim, 979 euros foi o valor da encomenda mais cara registada pela Uber Eats, a plataforma de entregas que está há quase cinco anos em território nacional. Ainda de acordo com a empresa, o dia com mais pedidos foi a 14 de fevereiro de 2021

Em comunicado, a propósito dos cinco anos em Portugal, que se assinalam a 28 de novembro, a Uber Eats revela também que os itens mais pedidos são água, fruta e legumes, e a categoria de refeições mais pedida é o sushi e japonês.

"Se por um lado, a entrega de alimentos continua a gerar o maior volume de entregas, os segmentos de compras de supermercado, lojas de conveniência, itens culturais, bem-estar, beleza, floristas, saúde e retalho em geral estão a crescer", explica Diogo Aires Conceição, diretor-geral da Uber Eats em Portugal, citado no mesmo comunicado. 

A Uber Eats adianta que, este ano, alcança a cobertura geográfica de mais de 100 cidades em Portugal e conta com 12 mil restaurantes e comerciantes parceiros em todo o país.

"Esperamos nos próximos cinco anos continuar a proporcionar momentos mágicos, surpresas inovadoras, e cada vez mais opções que facilitem a vida dos utilizadores e façam do Uber Eats um companheiro de todos os dias", acrescenta Diogo Aires Conceição.

Leia Também: Estafeta da Uber Eats agredido e assaltado durante entrega em Camarate

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório