Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2022
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 17º

BdP prevê "redução muito substancial" dos seus dividendos no próximo ano

O Banco de Portugal (BdP) prevê uma "redução muito substancial" dos seus dividendos nos próximos anos, atribuindo a dificuldade em gerar resultados às subidas das taxas de juro e à inflação.

BdP prevê "redução muito substancial" dos seus dividendos no próximo ano
Notícias ao Minuto

15:52 - 23/11/22 por Lusa

Economia BdP

"Muitos bancos centrais na Europa vão ter resultados negativos em 2022, esse não é o caso do Banco de Portugal, mas esta pressão vai manter-se durante mais alguns anos, portanto, a previsão que temos neste momento é uma redução muito substancial do que possam ser dividendos do Banco de Portugal nos próximos anos", afirmou o governador do BdP, Mário Centeno, na apresentação do Relatório de Estabilidade Financeira, em Lisboa.

Centeno assinalou que os bancos centrais a nível global têm registado "uma erosão na sua geração de resultados em virtude da alteração da política monetária".

"O custo de financiamento dos bancos centrais hoje, em virtude das taxas de juro negativas que vivemos durante muito tempo, é mais oneroso que o retorno dos ativos dos bancos centrais, e isso gera uma pressão nos seus resultados", sublinhou.

Esta pressão, segundo o antigo ministro das Finanças, vai manter-se "mais alguns anos", mas que o banco central português "acumulou reservas e provisões" suficientes.

"O Banco de Portugal acumulou reservas e provisões que, na nossa avaliação, são mais que suficientes para cobrir estes custos", concluiu.

O relatório do Conselho de Administração do BdP de 2021 refere que o banco central português entregou ao Estado 406 milhões de euros em dividendos.

Leia Também: Mundial'2022: Siga em direto os resultados e marcadores da 1.ª jornada

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório