Meteorologia

  • 04 FEVEREIRO 2023
Tempo
MIN 7º MÁX 18º

Fisco já pagou mais de 4,4 milhões de apoios extraordinários

O ministro das Finanças, Fernando Medina, anunciou hoje, no parlamento, que a Autoridade Tributária já pagou 4,4 milhões dos apoios extraordinários aos rendimentos num total de 600 milhões de euros.

Fisco já pagou mais de 4,4 milhões de apoios extraordinários

Os números foram adiantados por Fernando Medina durante uma audição na Comissão de Orçamento e Finanças, no âmbito da discussão na especialidade da proposta de Orçamento do Estado para 2023 (OE2023).

Em causa estão os apoios extraordinários para fazer face à inflação de 125 euros para pessoas com rendimentos anuais brutos até 37.800 euros na declaração de IRS de 2021 e residentes em Portugal e o de 50 euros por dependentes até aos 24 anos, com ou sem limite de idade no caso dos dependentes por incapacidade.

Na intervenção inicial, o ministro das Finanças indicou que, considerando apenas os pagamentos feitos pela Autoridade Tributária, foram "pagos mais de 4,4 milhões de transferências destes apoios, num total de cerca de 600 milhões de euros".

"Isto significa que no universo abrangido pela Autoridade Tributária mais de 90% já receberam o seu apoio", precisou.

Fernando Medina indicou que estes pagamentos juntam-se aos já processados pela Segurança Social, de 160 milhões de euros relativamente aos apoios extraordinários aos rendimentos.

O governante voltou a sublinhar que aos atuais tempos "exigentes" é preciso responder com "determinação e segurança".

"O Governo não tem hesitado em tomar as decisões necessárias e adequadas a cada momento. E tem-no feito promovendo estabilidade, confiança e compromisso", disse.

[Notícia atualizada às 16h22]

Leia Também: 'Cheque' de 125 euros? AT já processou 85% dos pagamentos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório