Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2022
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 16º

Comida e outros produtos para animais mais caros. Há subidas de 200%

Uma análise do KuantoKusta revela que os snacks e biscoitos para animais aumentaram 208,97% (+6,52 euros) entre janeiro e setembro deste ano.  

Comida e outros produtos para animais mais caros. Há subidas de 200%
Notícias ao Minuto

15:51 - 04/10/22 por Notícias ao Minuto

Economia Animais

Os preços da alimentação e artigos para animais acompanharam o aumento de preços e também subiram. Uma análise do KuantoKusta revela que os snacks e biscoitos para animais aumentaram 208,97% (+6,52 euros) entre janeiro e setembro deste ano.  

"Os aumentos de preço médio mais expressivos entre o primeiro e segundo quadrimestre do ano registam-se na comida para pássaros e roedores com um crescimento de 8,22 euros (+74,80%), e nos artigos para cuidados com o pelo, cujos preços subiram cerca de 6,23 euros (+54,60%)", pode ler-se num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

Segundo a mesma análise, o preço de um cabaz de produtos para cães subiu cerca de 2,33 euros (+1,87%) nos últimos 30 dias, enquanto um cabaz com artigos para gatos encareceu 6,33 euros (+3,68%) no mesmo período.

"De acordo com o estudo realizado aos artigos mais procurados dentro de cada subcategoria, a ração seca foi o produto para cães com o maior aumento de preço médio, com uma subida de 0,91 euros (+3,24%), de 28,11 euros no início de setembro para 29,02 euros, ao dia de ontem. Foram também analisados os preços de artigos como antiparasitário (+0,89%), corta-unhas (+1,52%) ou um comedouro (+2,47%)", pode ainda ler-se. 

Leia Também: Conta Geral do Estado. Défice da conta consolidada melhorou em 2021

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório