Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2022
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 18º

Comunicações. Mais de 16 mil números portados no 2.º trimestre

Mais de 16 mil números foram objeto de portabilidade entre operadores móveis com rede própria e operadores móveis virtuais (MVNO) no segundo trimestre, divulgou hoje a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom).

Comunicações. Mais de 16 mil números portados no 2.º trimestre
Notícias ao Minuto

12:02 - 03/10/22 por Lusa

Economia Anacom

"No segundo trimestre de 2022, a quantidade total de números que foram objeto de portabilidade entre os operadores móveis com rede própria (MNO) e os operadores móveis virtuais (MVNO) atingiu 16.024 números", refere o regulador, em comunicado.

O valor registado corresponde "a 11,7% da quantidade total de números móveis que foram objeto de portabilidade durante o trimestre em análise", acrescenta.

A Anacom salienta que "o saldo é favorável aos MVNO, que se apresentam como 'recebedores líquidos': receberam 9.774 números móveis que foram portados de operadores que possuem rede móvel (Meo, NOS e Vodafone) ('port in'), o que significa que os clientes detentores destes números passaram a ser clientes de operadores móveis virtuais, e apenas 6.250 números fizeram o movimento inverso, ou seja, os clientes detentores destes números passaram a ser clientes dos operadores móveis com rede própria".

No segundo trimestre deste ano "manteve-se a tendência de crescimento no que respeita à quantidade de números móveis que se encontravam portados, enquanto nos serviços geográficos se verificou uma ligeira redução".

No período em análise "foram objeto de portabilidade 167.850 números, dos quais 137.390 números móveis (82% do total), 30.284 números geográficos e 176 outros números não geográficos".

No final de junho, "encontravam-se portados 16,9% dos números associados à totalidade dos acessos móveis ativos, incluindo números associados a PC/tablet/pen/router e acessos Machine to Machine (M2M)".

Excluindo números associados a PC/tablet/pen/router e acessos M2M, "a percentagem de números associados a acessos móveis ativos que se encontram portados foi de 21,1%", sendo que no segmento residencial a percentagem de números móveis associados à totalidade dos acessos móveis ativos que se encontravam portados era de 18%. No não residencial a percentagem foi de 11,2%.

No final do primeiro semestre "encontravam-se portados 27,3% dos números atribuídos a clientes do STF [serviço telefónico fixo] por acesso direto".

No residencial, "a percentagem de números geográficos que se encontravam portados era de 30,7% e no segmento não residencial esta percentagem foi de 22,3%".

De acordo com a Anacom, "no final do segundo trimestre de 2022 existiam 5.072.525 números portados, dos quais 3.164.571 números associados ao serviço telefónico móvel (STM), 1.889.113 números geográficos atribuídos a clientes por acesso direto do serviço telefónico fixo (STF) e 18.841 outros números não geográficos".

Leia Também: GNR encerra evento de música eletrónica na Chamusca e detém 20 pessoas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório